Circuito Oceânico Ilha de Santa Catarina abre temporada 2019 de Vela Oceânica

A partir desta quinta-feira (7), o Iate Clube de Santa Catarina abre seu calendário náutico com as disputas da 30ª edição do Circuito Oceânico, considerado um dos principais eventos da modalidade no país. No total, mais de 30 embarcações são esperadas na raia da Sede Oceânica, em Jurerê, com a participação de 300 velejadores.

As disputas ocorrem entre quinta (7) e domingo (10) para as classes ORC, IRC, C30, HPE-25, RGS, RGS Cruzeiro, Bico de Proa e Multicascos e a programação da competição prevê seis regatas para todas as categorias (exceto RGS Cruzeiro, Bico de Proa e Multicascos com uma longa e três médias), sendo uma longa, de percurso, e cinco no formato barla-sota (regatas entre duas boias).

Barcos vão colorir a baía de Jurerê a partir de quinta-feira (7) - Foto: Green Multimídia
Barcos vão colorir a baía de Jurerê a partir de quinta-feira (7) – Foto: Green Multimídia

Com a manutenção do formato de competição implementado com sucesso no ano passado, o Circuito Oceânico terá duas raias que possibilitarão regatas específicas e de acordo com o perfil de cada classe. “Este formato de competição é muito atraente, pois as classes terão regatas de acordo com o seu perfil. Além de elevar o nível técnico da competição e trazer as regatas mais próximas do público, o que tem sido uma filosofia da nossa Comodoria”, avalia Ricardo Navarro, Presidente da Comissão de Regatas.

Outro ponto alto do Circuito Oceânico vai para a classe C30, já que as disputas valem também como primeira etapa do Campeonato Brasileiro. Reunindo embarcações de Santa Catarina, São Paulo e Rio Grande do Sul, a classe promete ser uma das mais competitivas ao longo dos quatro dias.

Campeão brasileiro em 2016 defendendo o Zeus Team, do Iate Clube de Santa Catarina, o comandante Inácio Vandresen falou sobre a expectativa para o evento. “O nível do Circuito Oceânico de 2019 tem tudo para ser um dos mais altos de todos os tempos, pois as tripulações são muito fortes e todos estão extremamente treinados e capacitados. A presença dos barcos de São Paulo e Rio Grande do Sul vai tornar a competição ainda mais brilhante e todos que estão indo para a raia tem condições de sair com o título”, afirma.

Atuais campeões do Circuito Oceânico:
ORC: Ângela Star VI
IRC: Mahalo
HPE-25: Força 12
RGS Geral: Caulimaran
RGS Cruzeiro: Astral
Multicascos: Tico Tiko
Bico de Proa A: Harmonya
Bico de Proa B: Caos Calmo

Mais conteúdo sobre

Mais Esportes