Conteúdo por Gazeta Esportiva

Clayson revela papo com Diego Alves e exalta goleiros do Corinthians: “Os melhores”

O atacante Clayson foi o autor do único gol do Corinthians na tarde deste domingo, contra o Flamengo, na Arena, e comentou os momentos que antecederam a batida de pênalti. Diante de Diego Alves, goleiro que tem fama de bom pegador de penalidades máximas, o corintiano conseguiu deslocar o adversário para abrir o placar. Não sem antes ouvir algumas provocações do adversário.

“Ele veio me falar que ia esperar, ia ficar parado, que eu ia ter que escolher. Mas uma conversa tranquila, numa boa. Falei para ele que podia esperar o quanto fosse”, disse o atacante, em tom bem-humorado. Para ele, o dia a dia com Cássio, Walter e Caíque França o deixa preparado para essas situações.

“Sim, ele é um grande goleiro, mas eu treino com os melhores goleiros no dia a dia, Cássio, Walter e Caíque. Os melhores do Brasil”, continuou o atacante, que não bateu cruzado, no canto esquerdo, sua escolha mais comum. Ele admitiu ter mudado justamente pelas análises de desempenho.

“Na verdade, todo mundo sabe, a gente tem o Cifut aqui, eles têm os analistas deles lá. Então é muita informação, eu fui para a batida já sabendo que eu tinha que mudar. Mas o importante é que eu mantive a calma e consegui fazer o gol”, concluiu o corintiano, que fez seu segundo tento na competição.

Na próxima rodada, os comandados de Fábio Carille terão pela frente o Fortaleza, no domingo, dia 28, às 19h (de Brasília), no Castelão. Antes, porém, fazem o primeiro jogo das oitavas de final da Copa Sul-Americana, contra o Montevideo Wanderers, quinta-feira, na Arena.

Futebol