Conteúdo por Gazeta Esportiva

Clayson se dispõe a fazer nova função com Carille no Corinthians

O amistoso frente ao Londrina, realizado no último domingo em Maringá, que terminou com derrota do Corinthians por 2 a 1, foi a primeira vez em que Fábio Carille conseguiu por ao menos parte de sua estratégia para aumentar o repertório ofensivo e tornar o time mais agressivo, utilizando Clayson em uma nova função. O camisa 25, inclusive, se colocou à disposição para fazer a nova função.

“É uma função que eu já fiz. Mas ainda tenho que me readaptar um pouco, porque fazem dois anos que jogo nessa posição, desde quando eu estava na Ponte Preta. É uma posição que eu posso fazer, porque estou à disposição do Corinthians para ajudar da melhor forma possível, seja na beirada ou jogando por dentro”, disse Clayson em declarações à Fox Sports.

Na reapresentação do Alvinegro para a intertemporada, Carille revelou uma de suas estratégias para fazer o Corinthians jogar melhor: utilizar a dupla de atacantes, conhecidos pela velocidade e intensidade, juntos no ataque. Até o momento, ambos atuaram juntos cerca de 45 minutos, na reta final dos jogos diante de Cruzeiro e Santos antes da pausa.

No amistoso, entretanto, Clayson teve uma atuação discreta jogando mais centralizado, com Pedrinho e Vagner love abertos. Ao mesmo tempo, o atacante minimizou o desempenho ruim e reiterou que o período está sendo de testes a fim de encontrar o melhor time possível para a sequência da temporada, quando o Corinthians terá o Brasileiro e a Copa Sul-Americana.

“Acho que ainda estamos em testes. O Carille está vendo o que ele encontra de melhor para a volta do campeonato. Claro que não serve de desculpa termos perdido, porque foram dois gols de falta de atenção. Temos que trabalhar durante a semana para encontrar a melhor forma para voltar a vencer e fazer um bom jogo em casa no Campeonato Brasileiro”, ressaltou.

“A gente tem que trabalhar para dar o nosso melhor e voltar a vencer. Acho que o torceedor pode esperar muita entrega, muita força de vontade porque vamos trabalhar muito para voltar a conquistar vitórias que é o mais importante”, finalizou Clayson.

Mais conteúdo sobre

Futebol