Com atuação quase perfeita, Halep bate Serena e é campeã em Wimbledon

Atualizado

Com uma atuação praticamente perfeita e com um preparo físico espetacular, Simona Halep se tornou a primeira tenista romena a ganhar o Torneio de Wimbledon, neste sábado (13), ao derrotar a norte-americana Serena Williams, por 2 sets a 0, com um duplo 6/2, em apenas 55 minutos de jogo.

Simona Halep conquistou o segundo título de Grand Slam da carreira – Reprodução/Instagram

Este foi o segundo título de Grand Slam de Halep, de 27 anos, campeã ano passado em Roland Garros. Ela soma também soma mais duas finais no saibro francês (2014 e 2017) e uma no Aberto da Austrália, perdendo a final na quadra rápida australiana para a dinamarquesa Caroline Wozniacki em 2018.

Aos 37 anos, Serena teve a terceira chance de conquistar um título de Grand Slam e igualar o recorde absoluto de 24 taças da australiana Margaret Court. A primeira chance que ela teve foi justamente em Wimbledon, no ano passado, sendo derrotada pela alemã Angelique Kerber. A segunda oportunidade veio também em 2018, quando perdeu a final do US Open, em Nova York, para a japonesa Naomi Osaka. Ela soma sete taças no tradicional torneio britânico.

Neste sábado, Halep e Serena se enfrentaram pela 11ª vez. Foi apenas a segunda vitória da romena, que só havia saído vencedora no WTA Finals de 2014, em Cingapura.

O início de jogo de Halep foi avassalador. Chegando em todas as bolas, a romena quebrou o saque de Serena duas vezes seguidas e logo abriu 4 a 0. Serena só foi se recuperar no sexto game, quando quase conseguiu devolver uma quebra. Mas a jogadora europeia fechou o primeiro set em apenas 26 minutos.

Serena voltou melhor para o segundo set e parecia que poderia equilibrar a disputa. Chegou a berrar muito após conseguir devolver uma bola difícil e ganhar o ponto. Mas o equilíbrio durou apenas até o placar apontar 2 a 2. A partir daí, Halep voltou a aumentar o ritmo e quebrou o saque da norte-americana mais duas vezes para fechar o jogo.

Tênis