Conteúdo por Gazeta Esportiva

Com destaque para Cueva, estrangeiros se reapresentam ao Santos: confira o desempenho

Com o término da Copa América e da Copa Ouro, os jogadores do Santos convocados se reapresentam ao clube praiano. Nos torneios continentais, Christian Cueva, Derlis González, Yeferson Soteldo e Bryan Ruiz tiveram desempenho abaixo do esperado. Com exceção do peruano, todos foram eliminados precocemente com suas seleções.

Vice-campeão da Copa América com o Peru, Cueva ajudou sua seleção a voltar para a decisão do torneio após 44 anos. O camisa 8 teve sua função alterada ao longo da competição. Antes mais aberto, passou a jogar centralizado e tornou-se responsável pela criação da equipe depois da goleada sofrida para o Brasil, ainda na fase de grupos. Coadjuvante de uma seleção que tem Paolo Guerrero como grande craque, Cueva deu uma assistência em seis jogos, na vitória por 3 a 1 sobre a Bolívia.

Titular no Santos, Soteldo foi pouco utilizado pelo treinador Rafael Dudamel. O atacante não começou como titular em nenhuma das quatro partidas da Venezuela na competição, entrando sempre na metade do segundo tempo. Com apenas uma assistência, em vitória contra a Bolívia, viu sua equipe ser eliminada nas quartas de final, depois de perder por 2 a 0 para a Argentina.

Derlis González também não teve vida fácil na Copa América. O atacante empolgou a torcida paraguaia ao marcar um gol saindo do banco de reservas no empate em 2 a 2 contra o Catar, na primeira rodada da fase de grupos. Contudo, o santista acabou não somando mais nenhum gol ou assistência durante o torneio. Além disso, desperdiçou cobranças de pênalti contra a Argentina, na primeira fase, e contra o Brasil, nas quartas de final. O erro contra a Seleção Brasileira acabou contribuindo para a eliminação do Paraguai na disputa de pênaltis.

Já Bryan Ruiz foi o jogador do Peixe que apresentou as melhores estatísticas. Na Copa Ouro, marcou um gol e deu uma assistência pela seleção da Costa Rica. José Carlos Peres, presidente do Santos, até declarou que o jogador “fez o diabo” na competição. Contudo, ele também acabou eliminado nas quartas de final, após derrota na disputa de pênaltis para o México.

Soteldo, Derlis González e Bryan Ruiz retornam às atividades pelo Peixe nesta segunda-feira, enquanto Cueva ganhará mais dez dias de folga. Fora dos planos do técnico Jorge Sampaoli, o costa-riquenho deve ter seu futuro definido nos próximos dias.

Mais conteúdo sobre

Futebol