Com ídolo Zanetti, Inter de Milão lança escolinhas pelo Brasil

Ex-jogador e hoje embaixador do clube esteve no Maracanã para dar o pontapé inicial do projeto, que já conta com infraestrutura para receber milhares de jovens

Um dos clubes mais tradicionais do mundo, a Inter de Milão lançou no Brasil nesta quinta-feira o seu mais novo projeto. É a Inter Academy, que une futebol e educação, e tem apoio de importantes entidades, como Unesco e a Non Violence. O programa contempla escolinhas espalhadas pelo país e formação de times de categorias inferiores, com participação em torneios da Federação Paulista de Futebol (FPF). A sede ficará em Barueri, em São Paulo.

O Brasil é apenas o quarto país a desenvolver o projeto. Antes, Estados Unidos, China e Arábia Saudita já haviam recebido a iniciativa, que tem associação com a WorldWide Soccer Academies. A WWSA já oferece estrutura para a Inter Academy nas principais regiões do país, em quatro anos de funcionamento.

E para apresentar o programa no Brasil, nada melhor que Javier Zanetti, hoje embaixador da Inter de Milão. O ex-jogador é o recordista de jogos pela equipe italiana: 858 partidas, além de diversos títulos, como o pentacampeonato italiano, a Liga dos Campeões (2009-2010) e o Campeonato Mundial (2010). O ex-lateral-direito foi capitão por muitos anos dos Nerazzurri e também da seleção argentina.

– Acredito muito no projeto. É importante chegar ao Brasil, estar perto dos milhões de torcedores. Tivemos muitos brasileiros vestindo a camisa da Inter, como Ronaldo, Roberto Carlos… Por isso será uma belíssima oportunidade para todos nós. Como clube, colocaremos nossa experiência e capacidade à disposição. Os nossos treinadores trabalharão com os treinadores locais. O mais importante é fazer os jovens crescerem dentro do país. É importante ajudar a pessoa a crescer no local, para que depois nasça o grande campeão. Para esses jovens, será um futuro brilhante e promissor – disse o argentino.

Para o diretor técnico do projeto, Marco Monti, a ideia vai além das quatro linhas.

– O objetivo é capacitar os treinadores locais para que eles, com a ajuda dos nossos técnicos, ajudem as crianças. Assim, elas terão maior oportunidade de se tornar um cidadão melhor, dentro e fora de casa – comentou.

O projeto é focado nas classes sociais mais carentes. Com a parceria com a WWSA, a Inter Academy vai poder atuar logo de início em 27 escolas espalhadas em 17 estados do Brasil, atendendo cerca de 8.100 crianças e jovens de 6 a 17 anos de idade. Todos os participantes devem estar, obrigatoriamente, matriculados em colégios. Eles treinarão durante 1h30, entre três e cinco vezes por semana, além de atuar em jogos nos fins de semana.

Por meio de testes aplicados, A Inter Academy vai trabalhar com 675 atletas (25 por cada escola espalhada pelo país), que formarão as seleções sub-13 de cada núcleo (27 no total). Já na sede, em Barueri, haverá o Centro de Treinamento Nacional, no qual serão mais 100 selecionados, 25 para cada uma das categorias (sub-14, sub-15, sub-16 e sub-17). No futuro, haverá um time profissional, que jogará campeonatos da Federação Paulista de Futebol.

A área educacional é um dos pontos fundamentais do projetos. O planejamento traz um cronograma que monitora os progressos dos jovens nos colégios onde estudam, mas também oferece aulas de línguas estrangeiras a eles. A princípio, o foco será o inglês, com quatro horas semanais de aulas.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Esportes

Loading...