Com índice de rebaixado, São Paulo tem de fazer campanha de classificado à Libertadores para escapar

Divulgação

O São Paulo será rebaixado pela primeira vez no Brasileirão se mantiver até dezembro o aproveitamento de pontos que conquistou até agora. Os quatro times rebaixados dos últimos anos tiveram, em média, início até melhor do que o clube do Morumbi marca em 2013. Oito pontos marcados em dez rodadas dão ao São Paulo aproveitamento de 26,6%, e mostram que é preciso, agora, ter uma campanha de candidato à vaga na Libertadores para se livrar do fracasso histórico.

Rogério Ceni já deu o alerta após a última derrota, na quarta, contra o Internacional. Em 2013, o São Paulo jogará para se salvar, sem objetivos mais ambiciosos. O técnico Paulo Autuori concorda, e também afirmou que o objetivo será escapar da degola, cada vez mais próxima.

A situação perigosa e o projeto para escapar do rebaixamento podem ser comparados ao Brasileirão do ano passado. Figueirense e Atlético-GO, que terminaram em 20 e 19, respectivamente, tiveram marca quase igual à atual do São Paulo. Portuguesa, que ficou em 16 lugar e se salvou na penúltima rodada, marcou 45 pontos. Esses dados e a projeção de quantos pontos o São Paulo precisa fazer para escapar da Sébie B em 2014 você confere no LANCE!Digital, além dos números das campanhas dos rebaixados dos últimos dez anos, e os dados do desempenho do clube nas últimas edições do Brasileirão.

Neste domingo, o São Paulo encara o Corinthians, no Pacaembu. O duelo pode servir para encerrar a pior fase da história do clube – onze jogos sem vencer, com oito derrotas seguidas – e iniciar a campanha para fugir do rebaixamento. Por outro lado, uma derrota tornaria a reviravolta mais difícil.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Esportes

Loading...