Conteúdo por Gazeta Esportiva

Com Vitor Hugo, Palmeiras pode ter dupla de zaga artilheira

Vitor Hugo foi apresentado como reforço do Palmeiras nesta quinta-feira. Além de ser uma opção a mais para Felipão montar a defesa, o zagueiro também é conhecido pela sua força na bola aérea ofensiva. O jogador já marcou 13 gols pelo Verdão e pode formar dupla de zaga com Gustavo Gómez, que já tem sete gols com a camisa Alviverde.

Dessa forma, Felipão pode optar por uma defesa composta por dois zagueiros artilheiros. O paraguaio, inclusive, é o batedor oficial de pênalti no Palmeiras. No momento, Gustavo Gómez e Luan são os titulares no miolo de zaga no Verdão. Além da dupla, Edu Dracena e Antônio Carlos são opções para o setor.

Vitor Hugo, inclusive, está próximo de entrar para a lista dos dez maiores zagueiros-artilheiros que já atuaram no Palmeiras. Apenas um gol separa o jogador dos décimos colocados Henrique e Nen. Na entrevista coletiva concedida nesta quinta-feira, o reforço diz estar feliz com a possibilidade de deixar seu nome marcado na história do clube, porém ressalta que sua prioridade será sempre o trabalho defensivo.

“Nos dois anos e alguns meses que passei aqui, eu consegui ser muito feliz, fazer muitos gols e ajudar bastante o time. Mas eu sempre bati na tecla que o mais importante para um zagueiro é não tomar gol lá atrás, ajudar mais na defesa do que no ataque. Os gols no ataque são bônus. É muito legal essa parte de você poder ter a oportunidade de entrar para a história de um clube tão grande como o Palmeiras”, afirmou o zagueiro.

Vitor Hugo assinou contrato válido por cinco anos com o Palmeiras, depois do clube pagar 5,5 milhões de euros (cerca de R$ 23 milhões) para garantir o retorno do jogador. Na primeira passagem, o zagueiro atuou pelo Verdão entre 2015 e maio de 2017, quando foi vendido para a Fiorentina, pelo valor de 8 milhões de euros (cerca de R$ 30 milhões à época).

Especial para a Gazeta Esportiva*

Futebol