Conteúdo por Gazeta Esportiva

Conmebol pune Messi com três meses de suspensão

A Conmebol divulgou nesta sexta-feira uma nota com a punição de Messi por ter dito que a Copa América deste ano estava armada para a Seleção Brasileira vencer, após a disputa de terceiro lugar contra o Chile. Naquela oportunidade, o camisa 10 ainda foi expulso.

O Tribunal de Disciplina da Conmebol anunciou que Lionel Messi está suspenso pelos próximos três meses por ter chamado a entidade de “corrupta”. A medida também serve para os amistosos da seleção. Durante este período, há duas datas Fifa marcada, nos meses de setembro e outubro.

As Eliminatórias da Copa do Mundo-2022 estão marcadas apenas para março de 2020, logo o argentino não perderá nenhuma partida oficial, apenas quatro amistosos.

Messi também foi punido financeiramente em US$ 50 mil, aproximadamente R$ 194 mil.

Durante a competição continental, o astro não poupou críticas à entidade. Após a derrota para o Brasil na semifinal, a maior reclamação foi pelo não uso do VAR em um suposto pênalti para a Argentina e uma irregularidade no primeiro gol brasileiro.

Depois de ser expulso pela segunda vez na carreira, contra o Chile, Messi novamente repudiou a Conmebol.

Copa América