Conteúdo por Gazeta Esportiva

Contra o Vila Nova, Corinthians irá enfrentar time menos eficiente da Série B

Depois de sair de Ribeirão Preto derrotado por 2 a 1 para o Botafogo-SP no primeiro teste da intertemporada, o Corinthians tem a missão de, nesta quinta-feira, no Serra Dourada, aparar as arestas para dar uma melhor impressão, tanto no ataque quanto defensivamente. E para isso, o time comandado por Fábio Carille terá pela frente o Vila Nova, equipe mais ineficiente da Série B.

Ocupando a 12º posição com 10 pontos, o Vila Nova é o terceiro time que mais finaliza na competição nacional, com 117 arremates em oito jogos disputados até a pausa para a Copa América, atrás apenas do Cuiabá (119) e do Bragantino (132). No entanto, é o que menos acerta o alvo entre os 20 times. Ao todo, foram 29 arremates certos e 88 errados.

O aproveitamento dos chutes, dessa forma, faz do time goiano o menos eficiente da Série B, com um aproveitamento de apenas 24,8%. Bragantino e Botafogo-SP, líder e segundo colocado da competição, por exemplo, possuem médias de 38,6% e 30,2%, respectivamente. Já o lanterna Vitória, com apenas quatro pontos conquistados, acertou no alvo 36,5% de seus arremates.

Do atual elenco comando por Eduardo Baptista, um ex-corintiano possui a marca de atleta que mais chutou ao gol na competição nacional. Com 25 arremates, Alan Mineiro acertou o alvo seis vezes, errou 19 e marcou um gol, no empate diante do Paraná ainda na primeira rodada.

Para tentar voltar a vencer depois de uma má impressão deixada diante do Botafogo-SP, o Corinthians deve ter o mesmo sistema defensivo, formado por Bruno Méndez, Henrique, Manoel e Danilo Avelar. A mudança deve vir no comando de ataque, com a provável saída de Mateus Vital e a entrada de Mauro Boselli, deslocando Vagner Love para a ponta esquerda.

Mais conteúdo sobre

Futebol