Conteúdo por Gazeta Esportiva

Corinthians diz que Ralf era passageiro do veículo envolvido em acidente

Na noite desta sexta-feira, o volante Ralf, do Corinthians, se envolveu em um acidente de carro na Zona Leste da capital paulista. De acordo com as pessoas ouvidas pela reportagem da Gazeta Esportiva no local, o jogador estava visivelmente embriagado. Em nota oficial, contudo, o Timão garantiu que o atleta não estava conduzindo o veículo.

Segundo a Polícia Militar, a assessoria de Ralf afirmou que um segurança do jogador dirigia o carro, na tentativa de fugir da perseguição de duas motos. Posteriormente, foi a vez do Corinthians divulgar uma nota oficial em seu site, garantindo que o atleta era mesmo passageiro e que o motorista estava tentando fugir de uma tentativa de assalto.

“A diretoria do Sport Club Corinthians Paulista tomou conhecimento na noite de sexta-feira (11) que o veículo em que se encontrava o atleta Ralf se envolveu num acidente de trânsito no bairro do Tatuapé, em São Paulo. O Clube prestou o suporte necessário ao jogador.

O atleta não sofreu ferimentos e estava no veículo como passageiro. Na tentativa de fugir de um assalto, o motorista que conduzia o automóvel perdeu controle e, infelizmente, atingiu uma pessoa e invadiu a garagem de uma casa.

A vítima foi socorrida, e o jogador dará todo o amparo, além de assumir os danos materiais causados”, escreveu o clube.

Um Hyundai Santa Fé na cor branca, desgovernado, atingiu um senhor que estava no ponto de ônibus e invadiu a garagem de uma residência. Assim que encontrou os moradores, Ralf negou que estivesse ao volante e prometeu reparar todos os danos. Às 22h47, o Corpo de Bombeiros recebeu um chamado para um acidente na rua Marechal Barbacena, na Vila Regente Feijó, perto da Avenida Salim Farah Maluf. Duas viaturas foram ao local e removeram ao hospital um homem de 69 anos, consciente e com suspeita de fratura na perna. A 31ª Delegacia de Polícia é a responsável pelo caso.

Mais conteúdo sobre

Futebol