Conteúdo por Gazeta Esportiva

Corinthians garante que ainda não vai escolher competição para priorizar

O Corinthians cresceu no Campeonato Brasileiro, encostou no pelotão de cima e está a cinco jogos de um eventual título na Copa Sul-Americana. Com o calendário apertado, é normal as equipes priorizarem alguma frente a partir de determinado momento da temporada. No Timão, porém, esse momento ainda não chegou, pelo menos é o que garante Cássio, um dos principais líderes do elenco.

“Sul-Americana é mata-mata, é diferente. Não podemos apostar só na Sul-Americana. Claro, estamos nas quartas, é um campeonato que a gente não tem, eu não ganhei, então, tem que ter pés no chão, ir passo a passo, pensar nos dois campeonatos”, garantiu o camisa 12, que volta ao time nessa quinta, contra o Fluminense, na Arena, pelas quartas de final do torneio continental.

Cássio volta ao time após ser desfalque contra o Botafogo (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

“Se a gente se impor, nosso padrão de jogo, nosso estilo… Isso é importante, principalmente em mata-mata. Quanto menos errar, mais próximo da classificação vai estar”, continuou.

Após o confronto com os cariocas, o Corinthians retomará as atenções ao Brasileirão. Domingo, enfrenta o Avaí, em Santa Catarina. São cinco pontos para alcançar o líder Santos, uma distância que volta a colocar o Timão entre os candidatos ao título quando poucos acreditavam nessa possibilidade.

“Essa situação existe até mesmo antes de eu chegar. Tratando-se de Corinthians é uma coisa normal, mas pés no chão. Estamos numa fase boa, conseguindo resultados, jogando de uma forma consistente, mas não podemos acomodar. A gente vê isso, fica feliz, isso é fruto dos treinamentos, jogadores que não são convocados sempre e estão no vestiário em dia de jogo, comprometidos, isso em certas circunstâncias faz a diferença para uma equipe chegar ou não”, afirmou Cássio.

Futebol