Conteúdo por Gazeta Esportiva

Corinthians não cumpre promessas e prazos e Rony se aproxima do Palmeiras

Rony está muito próximo de ser o primeiro reforço do Palmeiras anunciado em 2020.

A convite do diretor Anderson Barros, o empresário Hercules Júnior e o advogado Carlos André, que representam o atacante nas negociações, estiveram na última quarta-feira na Academia de Futebol, em São Paulo, para uma reunião.

A Gazeta Esportiva apurou que o encontro foi considerado produtivo e promissor pelas duas partes. No Palmeiras, o sentimento é de otimismo.

Rony foi afastado pelo Athletico-PR desde que as negociações começaram

O staff de Rony também gostou do que ouviu e se mostrou grato pela procura dos palmeirenses, mas deixou claro que todo e qualquer avanço segue dependendo do Athletico-PR.

Na própria noite de quarta-feira, o Palmeiras se encarregou de atualizar Mario Celso Petraglia, presidente do Conselho Deliberativo e responsável pelas decisões no clube rubro-negro, sobre o assunto.

Petraglia pretende repassar 1 milhão de dólares da quantia que o Furacão receber pela venda de Rony. Os representantes do jogador de 24 anos, no entanto, estão irredutíveis. Não abrem mão de receber metade do que for pago pelo eventual comprador, conforme promessa feita por Petraglia e acordo assinado no momento da aquisição feita pelo Athletico.

RESUMO DA DIVERGÊNCIA

O texto do documento diz que no caso de Rony ser comprado por outro clube por um valor acima de R$ 2,5 milhões, quantia esta paga pelo Athletico à época da compra do atleta, haveria então um “equilíbrio” da compensação entre as duas partes.

Como o Athletico-PR está disposto a vender 50% dos direitos econômicos de Rony por 6 milhões de euros, exatamente a metade da multa rescisória, a situação se enquadraria na observação contratual.

O Athletico-PR, no entanto, se baseia no valor de 1 milhão de dólares, porque o número também foi usado no texto do contrato. Mas, porque representava exatamente 50% de Rony na ocasião.

A situação continua muito clara nesse sentido. Rony e seus representantes não pretendem ceder. Se Petraglia não procurar uma negociação e uma maneira de satisfazer a parte do jogador, Rony permanecerá no Athletico, mesmo que isso represente continuar afastado, treinando com os aspirantes. O vínculo entre Rony e Athletico vai até julho de 2021.

A ESPERA DE PETRAGLIA

Portanto, os representantes de Rony apenas aguardam uma sinalização. A bola está com Palmeiras e Athletico. Havendo a convocação dos dirigentes, todos devem se reunir dispostos a efetivar a transferência.

CORINTHIANS SÓ NA PROMESSA

A aproximação entre Palmeiras e representantes de Rony aconteceu por causa do afastamento do Corinthians nos últimos dias. As promessas e prazos não têm sido cumpridos e, apesar de Luis Augusto Carvalho, o Luisinho Piracicaba, intermediário corintiano no caso, ter garantido que ainda está em busca do dinheiro na Europa e que faltaria menos de 2 milhões de euros para compor a proposta alvinegra, o staff de Rony não foi mais contatado pela direção do Corinthians.

O receio de esperar por algo cada vez mais duvidoso por parte do Corinthians e o fato dos dirigentes palmeirenses manterem contato permanente, com proposta oficial, enfim, começou a pesar.

CHANCE DE REVIRAVOLTA

A chance do Corinthians contar com o atacante em seu elenco diminuiu muito, mas vai existir enquanto o Athletico não se posicionar. Com uma proposta alvinegra na mesa antes de qualquer ato oficial athleticano, o cenário voltaria a ficar totalmente aberto.

O fato de Mario Celso Petraglia ter passado por uma intervenção cirúrgica na semana passada deu mais tempo ao Corinthians. O dirigente paranaense tem retardado uma decisão justamente a pedido do Corinthians e porque gostaria de ter as duas propostas em mãos antes de se manifestar. O objetivo, claro, é conseguir arrancar o máximo possível.

A nova investida do Palmeiras, que oficializou a primeira proposta há mais de uma semana, jogou pressão para que Petraglia deixe de esperar pelo Corinthians e ponha fim ao silêncio.

PEDRINHO É ESPERANÇA

O Corinthians está negociando Pedrinho com o Benfica-POR e, se a venda for concretizada nesta sexta, parte do dinheiro entraria como composição para fechar a proposta por Rony. O problema é que os portugueses recuaram nas últimas horas diante da pedida alvinegra.

BIRRA COM TIAGO NUNES

Hoje técnico do Corinthians, Tiago Nunes entrou com ação contra o Athletico-PR, seu ex-clube, por entender que o Furacão lhe deve pagamentos. A relação entre clube paranaense e o treinador ficou ainda mais problemática desde então. Há quem diga que Petraglia pode endurecer com o Corinthians a partir de agora, mesmo que o alvinegro consiga formular a proposta.

CONTATO COM TÉCNICOS

Tanto Tiago Nunes quanto Vanderlei Luxemburgo já falaram com Rony por telefone e explicaram os planos que têm para o atacante em seus respectivos times.

PREFERÊNCIA

Rony deixou claro desde o início que, em condições semelhantes de propostas, gostaria de defender o Corinthians.

Futebol