Corinthians tem déficit de quase R$ 15 milhões no primeiro semestre

Andrés ao lado de Maycon (à esq), um dos negociados pelo Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr/Corinthians)
Andrés ao lado de Maycon (à esq), um dos negociados pelo Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr/Corinthians)

Nesta terça-feira, o Corinthians divulgou seu Balanço Patrimonial do primeiro semestre, referente aos meses até 31 de junho. O documento está disponível no site oficial do clube e apontou um déficit de R$ 14,6 milhões. Dívida referente, majoritariamente, aos esportes amadores e ao clube social, cuja sede fica no Parque São Jorge.

De acordo com o balanço, o superávit foi de R$ 3,3 milhões, com déficit de R$17,9 milhões, totalizando um prejuízo de R$ 14,6 milhões.

O número final chama a atenção, já que o clube recebeu um total de R$ 68,1 milhões em vendas de jogadores nos primeiros meses do ano. No valor recebido pela venda dos atletas, ainda não estão contabilizadas as saídas de Rodriguinho e Balbuena. Juntos, os dois renderão mais de R$ 30 milhões aos cofres alvinegros, fazendo com que o panorama melhore.

De acordo com o presidente Andrés Sanchez, mesmo assim, o Timão não precisa se desfazer de seus atletas para melhorar sua saúde financeira.

– Não estávamos vendendo para fazer caixa. Tomara Deus que a gente não venda mais ninguém, até porque não está nada desesperador. Tanto é que compramos o Douglas por R$ 5 milhões e pouco com dinheiro do Corinthians e vamos trazer mais jogadores – disse Andrés, em entrevista coletiva, na última semana.

Mais conteúdo sobre

Esporte