Conteúdo por Gazeta Esportiva

Corinthians volta a marcar três gols: veja depois de quanto tempo

O Corinthians não fazia três gols há pouco mais de três meses, contra o mesmo Fortaleza derrotado nesta quarta-feira, na Arena. Na ocasião, o placar foi 3 a 1, com tentos anotados por Mauro Boselli, Danilo Avelar e Pedrinho, três titulares nos dois jogos. No entanto, uma diferença no time chamou a atenção, mas estava no banco de reservas: Dyego Coelho.

O interino assumiu o alvinegro após a demissão de Fábio Carille e comandará a equipe até o fim da temporada, quando Tiago Nunes começará seu trabalho. Coelho deu uma nova cara ao time, que passou oito jogos sem vencer e 24 partidas sem marcar mais que dois tentos (contando Brasileiro e Sul-Americana).

“O jogo tem de ser agressivo, organizado, mas agressivo, ainda falta um pouquinho, falta Urso, o Pedrinho, o Vital pisarem mais na área, encher a área. Mas é tudo muito em função do que eles fizeram, eles fizeram acontecer, foi uma ideia e eles acreditaram naquilo e fizeram”, disse o treinador após a vitória.

Os gols da última quarta-feira foram anotados por Boselli, que fez logo dois, e Junior Urso. Pedrinho, autor da assistência do primeiro gol, também foi lembrado por Coelho.

“Boselli precisa de jogadores do lado dele, para fazer que a bola chegue, para ele jogar futebol, e o Pedrinho tem de jogar solto, mas não pode se desligar do jogo. Ele é talentoso, tem de cuidar, mas a parte ruim ele tem de entender que tem de fazer”, finalizou.

O Corinthians agora se prepara para o clássico diante do Palmeiras, vice-colocado na competição, no próximo sábado, às 19h (de Brasília), no Pacaembu, com mando alviverde. No primeiro turno as equipes empataram por 1 a 1.

Futebol