Conteúdo por Gazeta Esportiva

Cria da base do São Paulo exalta Raúl, novo treinador do Real Madrid Castilla

Augusto Galvan tem apenas 20 anos de idade, mas já consegue colecionar feitos no futebol que chamam a atenção. Vendido pelo São Paulo ao Real Madrid por R$ 10 milhões em 2017, sem ao menos ter atuado no profissional, o jovem viveu sua primeira temporada como profissional esse ano no Real Madrid Castilla, uma espécie de time B dos Merengues, e agora terá a oportunidade de ser comandado por um dos maiores ídolos da história do clube.

Augusto Galvan deixou o São Paulo em 2017 (Foto: Real Madrid/Divulgação)

Recentemente o Real Madrid confirmou o ex-atacante Raúl, multicampeão com as cores do clube, para ser o treinador do Castilla, onde Augusto Galvan é justamente o camisa 10.

“A gente já sabia que ia acontecer uma troca. E que o nome do Raúl era sempre o mais falado, o mais cotado. Mas você fica esperando a confirmação oficial do clube. E quando isso aconteceu foi sensacional. Uma mistura de nervosismo e empolgação. A gente está falando do Raúl, um dos jogadores mais vitoriosos de todos os tempos. Quero aproveitar ao máximo essa experiência”, afirmou brasileiro, que nesta temporada, sua primeira como profissional, fez 19 jogos.

Augusto Galvan, aliás, vem colecionando oportunidades de ouro. O meia foi chamado por Tite para um período de treinos com a Seleção principal, além de ter participado também na equipe de cima do Real Madrid, comandada por Zidane.

“Eu tento aproveitar ao máximo todas as oportunidades da minha carreira, aprender com todos. Realmente nos últimos tempos coisas boas estão acontecendo. Sei que tenho que evoluir e cada vez trabalhar mais, suar mais. Treinar com a Seleção do Tite foi muito bom, os trabalhos que eu pude fazer com o Zidane também. Sou grato. Agora é evoluir tendo o Raúl como comandante. O Raúl é referência para mim, por tudo que fez dentro de campo e pela postura que sempre teve fora de campo”, finalizou o jogador, natural de Ribeirão Preto.

Mais Esportes