Conteúdo por Gazeta Esportiva

Denis ganha liminar na Justiça e deixa Figueirense

Catarinense em 2018 e a Recopa 2019 com a camisa do Figueirense. (Foto: Patrick Floriani/FFC)’>

Denis conquistou umCatarinense em 2018 e a Recopa 2019 com a camisa do Figueirense. (Foto: Patrick Floriani/FFC)

O goleiro Denis não faz mais parte do elenco do Figueirense.O arqueiro conseguiu sua rescisão com o clube através de uma liminar concedida pela Justiça do Trabalho de Santa Catarina, pela falta de pagamento do no Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) desde abril do ano passado.

Embora já tivesse se despedido do elenco na última quarta-feira, Denis tinha contrato com Figueira até dezembro deste ano.

Através de suas redes sociais, o goleiro esclareceu o caso e se despediu da torcida. “Estou certo de que provei com gestos o tamanho do meu comprometimento e profissionalismo, mas essa situação extremamente difícil que o Figueirense atravessa chegou a um ponto insustentável e indigno para qualquer trabalhador. Esperei por muito tempo por uma solução, mas infelizmente ela não chegou e ainda me parece longe de chegar. Por isso, foi com enorme dor no coração que precisei procurar pelos meus direitos e, consequentemente, encerrar meu ciclo como atleta do clube”, diz.

Ver essa foto no Instagram

Estou certo de que provei com gestos o tamanho do meu comprometimento e profissionalismo, mas essa situação extremamente difícil que o Figueirense atravessa chegou a um ponto insustentável e indigno para qualquer trabalhador. Esperei por muito tempo por uma solução, mas infelizmente ela não chegou e ainda me parece longe de chegar. Por isso, foi com enorme dor no coração que precisei procurar pelos meus direitos e, consequentemente, encerrar meu ciclo como atleta do clube. Não fiz isso porque quis, fiz por necessidade. Lamento muito mesmo pelo torcedor, ao qual serei eternamente grato, pelos amigos, pelos funcionários e por tudo o que significava estar aqui, devolvendo o carinho com que fui acolhido e vivendo o que acredito estarem sendo os melhores momentos da minha carreira. Sempre lembrarei de cada um desses 89 jogos que fiz pelo Figueirense, em especial dos títulos do Catarinense de 2018, da Recopa Catarinense de 2019, e do prêmio de melhor goleiro do estadual, que tive o prazer de receber esse ano. Desejo sorte e ficarei na torcida para que o clube possa voltar a adequar suas condições extracampo ao tamanho imenso que tem. Fiquem com Deus e obrigado por tudo @figueirenseoficial

Uma publicação compartilhada por Denis (@denis_oficial) em

Com a camisa alvinegra, Denis conquistou o Catarinense 2018 e Recopa 2019. Sua trajetória na equipe começou em 2018, à pedido do até então treinador Milton Cruz, com quem trabalhou no São Paulo.

Este é apenas mais um episódio turbulento da grave crise financeira que passa o Figueirense. Na última segunda-feira o treinador Hemerson Maria também pediu para sair. Rapidamente a diretoria anunciou Vinicius Eutrópio.

No final do ano passado, quatro jogadores do clube também entraram na Justiça do Trabalho para rescisão do contrato, são eles Daniel Costa, Elton, Victor Cedrón e Henrique Trevisan.