Conteúdo por Gazeta Esportiva

Deyverson e Pato chegam para o Choque-Rei como principais esperanças de gol

(Foto: Montagem Gazeta Press)

Alexandre Pato e Deyverson são as grandes esperanças de gol de São Paulo e Palmeiras, respectivamente, no clássico do próximo sábado, às 19h (de Brasília), no estádio do Morumbi, onde as duas equipes voltarão à disputa do Campeonato Brasileiro, paralisado por conta da Copa América.

De volta ao Tricolor após três temporadas, Alexandre Pato foi o principal destaque da equipe comandada por Cuca antes da pausa para a Copa América. Sem vencer nos últimos sete jogos que disputou, o São Paulo foi às redes apenas duas vezes neste período, ambas graças ao camisa 7 tricolor, que marcou nos confrontos com Cruzeiro e Atlético-MG.

Contra o Palmeiras, especificamente, Pato marcou apenas um gol como jogador do São Paulo. Foi em 2014, no Campeonato Brasileiro, quando o Tricolor venceu o Verdão no Pacaembu por 2 a 1 e mandou o rival para a zona de rebaixamento. Alan Kardec foi o responsável pelo outro tento do clube do Morumbi, enquanto Henrique Dourado balançou as redes para a equipe alviverde.

Neste sábado, Pato deve atuar aberto pela esquerda, onde teve bastante sucesso em sua primeira passagem pelo São Paulo, sob o comando do técnico Juan Carlos Osorio. Nas últimas rodadas o jogador teve de atuar mais centralizado, de forma improvisada, a pedido de Cuca, que ainda não podia contar com Pablo, recuperado de cirurgia na coluna e que deve ser o “camisa 9” tricolor no Choque-Rei.

O histórico de Deyverson contra o São Paulo é positivo. São quatro jogos, sendo duas vitórias e dois empates. Nestes duelos, o centroavante deu duas assistências e marcou um gol, fundamental para a conquista do Campeonato Brasileiro de 2018.

Em outubro do ano passado, pela 28ª rodada, o Alviverde quebrou um tabu de 16 anos sem vencer o rival no Morumbi e abriu três pontos de vantagem na liderança da competição. Tudo isso em grande estilo – 2 a 0, com autoridade e um placar construído antes dos 15 minutos do primeiro tempo.

Deyverson precisa repetir o nível de atuação neste sábado. No meio de semana, contra o Internacional, o camisa 16 foi muito criticado por Felipão, que sugeriu que a titularidade poderia estar fazendo mal ao atleta. No segundo tempo do duelo, por conta deum passe errado, o centroavante desperdiçou um contra-ataque de três palestrinos contra apenas um defensor colorado (veja abaixo).

Futebol