Conteúdo por Gazeta Esportiva

Dificuldade do Corinthians em campo não tem relação com parte física

“Às vezes corre muito e corre errado”. A declaração é de Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, durante a entrevista coletiva dada no Maracanã, domingo, logo após o anúncio da opção do clube pela demissão de Fábio Carille.

A questão levantada por um repórter no Rio de Janeiro e respondida pelo presidente corintiano com certo tom enigmático tem sido assunto recorrente entre torcedores e até mesmo conselheiros alvinegros.

Mas, apesar da intensidade do time corintiano em campo não agradar, principalmente na atual série sem vitórias que já perdura oito jogos, a Gazeta Esportiva apurou que o condicionamento físico dos atletas está em dia.

As análises colhidas e arquivadas pelo clube comprovam que o departamento físico do Corinthians vem fazendo sua parte. Com os números em mãos, membros da comissão técnica e da diretoria entendem que o problema esteja ligado a falta de confiança dos jogadores diante da má fase da equipe, e também com um pouco daquilo que disse Andrés em relação a execução da estratégia no gramado.

A derrota para o CSA é o maior exemplo. O grupo de jogadores foi bastante criticado pelo desempenho no Estádio Rei Pelé, inclusive por Andrés, mas se ficou atrás no placar, o Timão, de fato, correu mais que os alagoanos.

Os números obtidos pela reportagem apresentam uma diferença de quase 3 km percorridos a mais pelos corintianos em comparação com o Azulão. O desgaste dos paulistas foi superior nos dois tempos e, principalmente, no campo de ataque. Apenas no setor de defesa os atletas do CSA tiveram de suar mais a camisa.

Ainda assim, Walmir Cruz entrou na lista de profissionais dispensados nesta segunda. Anselmo Sbragia reassumiu a liderança do departamento e terá Shih Chien Chan Júnior, Leandro Serafim da Silva e Flávio Furlam como auxiliares.

Por ora, Dyego Coelho será o técnico interino do time. Assim que a contratação de um novo técnico for confirmada, e Tiago Nunes é o favorito para ocupar o cargo, novos profissionais para o departamento físico podem ser integrados a comissão técnica do Corinthians.

Futebol