Conteúdo por Gazeta Esportiva

Diniz admite partida ruim do São Paulo, mas diz: “Não considero vergonhosa”

Diniz lamentou a jornada de sua equipe (Foto: Reprodução)

O São Paulo conheceu sua primeira derrota em casa desde a chegada de Fernando Diniz. Diante do Fluminense, o Tricolor Paulista saiu atrás na etapa inicial, quando o adversário fez dois gols, não demonstrou poder de reação e acabou superado por 2 a 0 em pleno Morumbi durante a noite desta quinta-feira.

“A gente estava fazendo uma partida dentro do planejado até tomar o gol. Estávamos marcando bem lá na frente e o Fluminense não tinha passado do meio-campo. Depois que tomamos o gol, que surgiu de uma falta desnecessária, o time deu uma desestabilizada. No segundo, ainda mais”, disse Fernando Diniz.

“No intervalo, fizemos a opção pela troca (as entradas de Hernanes e Pato nas vagas de Jucilei e Liziero, respectivamente), mas não surtiu efeito. Eles baixaram as linhas, que nos dificultou, aí faltou para nós criatividade, mobilidade e criatividade. Depois que tomamos o gol, concordo que foi a pior partida sob o meu comando”, completou.

Na saída do gramado, Hernanes não escondeu sua decepção com a atuação da equipe e se disse envergonhado. Diniz, porém, optou por minimizar a declaração do Profeta, mas admitiu o rendimento aquém das expectativas do São Paulo.

“O termo pode ser usado. Tivemos dificuldades, mas não achei uma partida vergonhosa. Tivemos muitas dificuldades. Perder em casa na situação que estamos almejando cria uma instabilidade. Mas não considero uma partida vergonhosa. Jogamos muito mal e precisamos melhorar”, finalizou.

Com o resultado, o São Paulo estacionou nos 52 pontos e torce por um tropeço do Grêmio, que enfrenta o CSA no fechamento da rodada, para seguir no G4 do Campeonato Brasileiro. O próximo compromisso do Tricolor Paulista é neste domingo, quando recebe o Athletico-PR, no Morumbi, às 16 horas (de Brasília).

Mais Esportes