Conteúdo por Gazeta Esportiva

Diogo Barbosa revela bastidores do Palmeiras na chegada de Mano

Diogo Barbosa comentou a tensão dos jogadores na troca de treinador (Foto: Divulgação/SEP)

Após um ano trabalhando com Felipão, os jogadores do Palmeiras demonstraram preocupação com as incertezas geradas com a chegada de um novo treinador, no caso Mano Menezes. Diante desse cenário, coube a Diogo Barbosa tranquilizar os companheiros.

O lateral-esquerdo trabalhou com Mano no Cruzeiro em 2017, quando a equipe mineira conquistou a Copa do Brasil. Em coletiva, o jogador externou a indagação feita pelos próprios atletas do grupo alviverde e detalhou como caracterizou a postura do treinador fora e dentro de campo.

“Essa era a nossa preocupação. Como seria o treinador que iria vir. Quando ele foi escolhido, os outros jogadores perguntaram isso para mim. Eu sempre falei que é um treinador muito bom, que vai fazer nosso defender bem, mas ficar com a posse de bola. É isso que o Mano vai fazer: ter uma defesa forte, mas também jogar, sem sofrer tanto”, disse Barbosa.

“O Mano tem uma forma de trabalhar em que chama bastante o jogador para o seu lado. Ele tem essa facilidade e teve uma conversa conosco que trouxe uma proximidade rápida entre jogador e treinador. Ele jogou bem claro, colocou as coisas na mesa, uma conversa bem franca, e isso aproximou ele da gente para que a gente pudesse ter confiança no trabalho dele”, completou.

Diogo Barbosa ainda detalhou uma outra conversa que o grupo teve com o treinador sobre a questão de mudar a tática para um futebol mais propositivo, ao contrário do que acontecia com Felipão, que pregava um futebol mais reativo.

“Quando o Mano, chegou e viu a qualidade dos jogadores que tinha no grupo… foi o que ele falou conosco. A gente precisa jogar, ter a posse de bola. Jogadores e times com a nossa qualidade precisam ter a posse de bola o tempo todo. Não pode se desfazer da bola. Isso que ele tentou ajustar nesse pouco tempo que ele teve”, concluiu.

Vindo de três vitórias consecutivas desde a chegada de Mano, o Verdão retornou à briga pelo título e ocupa a segunda colocação com 39 pontos, três a menos que o líder Flamengo. O próximo compromisso do time é contra o Fortaleza, neste domingo, no Castelão, pela primeira rodada do returno do Campeonato Brasileiro.

Mais Esportes