Conteúdo por Gazeta Esportiva

Dirigente do Botafogo responde declarações de Rodrigo Pimpão

Rotenberg afirmou que salários atrasados serão pagos com a implementação do projeto clube-empresa

O Botafogo ganhou projeção nesta temporada com a contratação do japonês Honda. Além disso, o clube segue em busca de mais um nome conhecido para se juntar a equipe após o retorno do futebol. No entanto, a atitude foi criticada pelo ex-jogador alvinegro Rodrigo Pimpão, atualmente no CSA.

Pimpão criticou a diretoria alvinegra por estar em busca de reforços internacionais enquanto ainda deve ao atual elenco e ex-jogadores do clube, como ele. Só que as declarações do atacante foram respondidas pelo vice-presidente comercial e de marketing do Botafogo e membro do Comitê Executivo de Futebol do clube, Ricardo Rotenberg.

“Virou moda ex-jogadores serem contra a contratação de craques para o Botafogo”, postou o dirigente nas redes sociais.

A postagem de Rotenberg também provocou questionamentos por parte dos torcedores, que deram razão a Rodrigo Pimpão. Segundo o dirigente, o atacante irá receber assim que o projeto para o Botafogo virar empresa for colocado em prática.

“Claro que deve salários. Serão pagos com a S.A.”, escreveu em resposta aos questionamentos.

O Botafogo tem sofrido durante a paralisação do futebol pela pandemia de coronavírus. O clube ainda deve os salários do elenco de março e abril. No entanto, pela dívida com os jogadores, não houve qualquer negociação pela redução salarial.

Futebol