Dorival elogia valentia do Santos e chama ponto fora de ‘conquista’

Técnico do Peixe aprova resultado fora de casa em razão dos obstáculos enfrentados para escalar o time neste sábado. No meio de semana, quase todos devem estar de volta

Divulgação

Três dias depois de uma partida fisicamente exigente, debaixo de chuva, pelas semifinais da Copa do Brasil, o Santos foi a Florianópolis e empatou sem gols com o Figueirense, pela 32ª rodada do Brasileirão. A equipe se manteve no G4 do Brasileirão com 50 pontos somados até o momento, e o fato de ter conquistado o empate com dois desfalques por lesão, um por suspensão e mais três poupados em razão de desgaste físico causou elogios do técnico Dorival Júnior.

– Hoje (sábado) nós enfrentamos um adversário muito difícil e complicado de se jogar, o Figueirense sempre complica jogando em sua casa. Foi um jogo disputado, forte, em que o Santos não se omitiu em momento nenhum. Tecnicamente não foi o que esperávamos em razão do desgaste anterior, mas acima de tudo temos que reconhecer as qualidades do Figueirense, as dificuldades que ele criou em um jogo franco e aberto – afirmou o treinador do Santos.

– Esse ponto tem que ser valorizado pela maneira com que foi alcançado, conquistado. É uma conquista, sim, porque as dificuldades foram grandes para o time estar em campo, jogando de igual e tentando criar. Mesmo com todos esses aspectos saimos com um ponto que vai ajudar e muito na sequência do campeonato – opinou Dorival logo após a partida.

Desde a vitória por 3 a 1 diante do São Paulo, no meio de semana, Dorival tem considerado a possibilidade de preservar jogadores da maratona de jogos e decisões que o Peixe tem encarado nas últimas semanas. Segundo o técnico, Victor Ferraz ainda é dúvida para quarta-feira, mas Ricardo Oliveira, David Braz, Thiago Maia e Gabigol retornam.

– Estávamos sofrendo com esse desgaste. O David vem lutando com uma dorzinha que ele sente e isso nos preocupa há algum tempo, temos cuidado especial com ele, tiramos de um trabalho ao longo da semana para estar melhor durante as partidas. Já o Ricardo foi mais precaução, por tudo que ele correu na quarta e dificultou nossa recuperação. Mesmo assim fomos valentes pra conquistar um ponto – sentenciou o comandante que a partir de segunda-feira já prepara o time que entra em campo na quarta, às 22h, contra o São Paulo.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Esportes

Loading...