Conteúdo por Gazeta Esportiva

“É como tirar um pedaço de você”, diz jogador do Corinthians sobre Romero

Atualizado

O contrato de Ángel Romero expira no dia 14 de julho e mesmo assim ele vem treinando normalmente desde que nenhum acordo foi realizado entre ele, seus empresários e o Corinthians. Para o companheiro Ralf, a situação é muito difícil e ele nem sequer se imagina na pele do paraguaio.

Romero é o jogador estrangeiro com mais jogos pelo Corinthians: 222 e 38 gols (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

“Vai de cada um, mas é difícil não jogar. Não me vejo no lugar dele, não sei o que passaria na minha cabeça. Deve ser complicado, pela importância dele dentro do grupo. Meio que tira um pedaço de você não poder fazer o que mais ama. Não queria estar passando pelo que ele está passando, mas isso é coisa dele e do estafe”, disse o volante em entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira no CT Dr. Joaquim Grava, na zona leste de São Paulo.

Meio que tira um pedaço de você não poder fazer o que mais ama.

Romero e Corinthians estão nas tratativas há muito tempo e, conforme os últimos meses, a separação entre os dois parece definitiva. Na noite da última terça-feira, o atacante publicou uma imagem nas suas redes sociais na qual aparece ao lado do técnico Fabio Carille, as cores do alvinegro paulista e um emoji de uma mão com caneta assinando algo. Os rumores sobre sua renovação surgiram, mas foram logo desmentidos pela própria diretoria, que assegurou não haver nada em percurso.

Ralf tomou todo o cuidado de não se envolver na questão, mas como um dos líderes do elenco corintiano, tratou de expressar suas dúvidas em relação ao imbróglio envolvendo jogador e diretoria.

“Ele é muito querido aqui. A gente não tem se falado tanto nos últimos dias, até pela pausa e folgas. Não nos falamos muito. Sempre perguntamos por que ele não renovava (com o Corinthians), por que não chegava a um acordo. Ele tem o respeito de todos dentro do clube, treina da mesma forma, mesmo sem jogar. Não vi o post, mas acho que foi só uma brincadeira dele, nada demais. Ele é brincalhão, não gosta de polêmica”, finalizou.

A situação de Romero é desconhecida. O que se sabe é que seu contrato com o Corinthians acaba no dia 14 de julho e ele treinará até o último momento. O paraguaio tem o desejo de sair do país, mas clubes brasileiros estariam interessados no jogador, casos de Atlético-MG e Cruzeiro.

O Corinthians treinou na manhã desta quarta-feira sem a presença de Jadson, que foi poupado por conta de um desconforto muscular. Além dele, Everaldo e Clayson seguiram com o cronograma de fortalecimento muscular e o lateral-direito Michel Macedo está em fase final de recuperação de contratura na coxa direita.

O próximo compromisso do Corinthians é no sábado, às 20h (de Brasília), no amistoso contra o Botafogo-SP, no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto.

*Especial para a Gazeta Esportiva.

Futebol