Elogiado na Argentina, titular no Paraguai e esquecido na Itália: quem é o possível novo zagueiro do Verdão

 Gustavo Gomez - (Foto: Divulgação Milan)
Gustavo Gomez – (Foto: Divulgação Milan)

O paraguaio Gustavo Gómez é o zagueiro que o Palmeiras procurava para “chegar, vestir a camisa e jogar”, como gosta de repetir o diretor Alexandre Mattos, que tem negociações abertas com ele. O jogador de 25 anos está encostado no Milan (ITA), mas goza de prestígio na América do Sul.

A imprensa argentina considera que Gómez foi o melhor zagueiro do Campeonato Argentino que conquistou com o Lanús, em 2016. O atacante Pablo Mouche, emprestado pelo Palmeiras, foi companheiro dele naquela campanha.

O defensor chamou a atenção do clube grená na semifinal da Copa Sul-Americana de 2013, quando defendia o Libertad (PAR), equipe que o revelou. Os paraguaios perderam os dois jogos por 2 a 1, mas Gómez marcou um gol na ida, em Assunção, e chamou a atenção do técnico Guillermo Barros Schelotto por suas qualidades defensivas: é forte, vai bem no jogo aéreo e sabe sair jogando. O Lanús investiu 3 milhões de dólares para levá-lo.

Gustavo Barros Schelotto, irmão e auxiliar de Guillermo, já conhecia o zagueiro há tempos. Ele foi auxiliar do técnico Gregorio Pérez no Libertad e viu de perto a ascensão de Gómez à equipe profissional. Com bom porte físico, o defensor começou a jogar na equipe sub-17 aos 14 anos e na sub-20 aos 17 anos… Ele foi titular do time principal em 32 jogos em 2013, mas não chegou a jogar pela Libertadores – Palmeiras e Libertad se enfrentaram na fase de grupos. Em 2014, foi campeão paraguaio.

Os gêmeos Schelotto, agora no Boca, tentam levá-lo para lá desde o fim da passagem dele pelo Lanús. Nesta janela, isso ficou bem perto de acontecer: Gómez chegou a viajar para Buenos Aires e realizar exames médicos, mas o negócio melou de última hora por um desacordo financeiro.

Mesmo depois de contratar o argentino Nico Freire, que estava no futebol holandês, o Palmeiras retomou as conversas com o paraguaio após o fim das tratativas com o Boca Juniors. O Milan, que queria 7 milhões de euros por 80% dos direitos em janeiro, se vê obrigado a reduzir a pedida para conseguir um clube para o jogador, que não será aproveitado na Itália.

O zagueiro chegou a Milão como grande aposta no meio de 2016. Custou 8,5 milhões de euros, tornando-se o defensor mais caro da história do Paraguai, e foi utilizado em 19 jogos da temporada 2016/2017. Na temporada 2017/2018, porém, disputou só uma partida oficial, contra o Áustria Viena, em novembro do ano passado, pela Liga Europa. Ainda assim, foram apenas dez minutos…

A inatividade não o impede de ser titular da seleção paraguaia, formando dupla de zaga com Balbuena. Gómez já jogou 29 vezes por seu país, todas como titular, e marcou dois gols.

Mais conteúdo sobre

Esporte