Conteúdo por Gazeta Esportiva

Em jogo trepidante, Grêmio e Chapecoense empatam por 3 a 3 na Arena

Atualizado

O Grêmio empatou, nesta segunda-feira, com a Chapecoense por 3 a 3 na Arena pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Numa partida de várias alternativas, as duas equipes lutaram para buscar a vitória até o fim. Geromel, Everton e Diego Tardelli fizeram para o Tricolor Gaúcho, enquanto Everaldo, Gustavo Campanharo e Arthur Gomes fizeram para os catarinenses.

Com o resultado, o Grêmio segue na 13ª colocação, com 17 pontos. E a Chapecoense se mantém no Z-4 na 17ª posição, com 10 pontos.

Na próxima rodada o Grêmio visita o Flamengo no sábado, às 19h (de Brasília), no Maracanã. No mesmo dia a Chapecoense pega o Ceará, às 17h (de Brasília), no Castelão.

O Jogo – Sem compromissos durante a semana, o técnico Renato Gaúcho mandou a campo força máxima. Aos quatro minutos, Maicon tocou de calcanhar para Everton, que dominou e soltou a bomba. Tiepo faz grande defesa. Dois minutos depois, Kannemann furou, Everaldo saiu em disparada, driblou Geromel, mas o camisa 3 conseguiu se recuperar.

De tanto insistir pelo lado direito, os donos da casa finalmente abrem o placar. Aos oito, após a cobrança do escanteio de Alisson, Geromel sobe mais que Gum e estufou as redes de Tiepo. Os catarinenses não se abateram e logo na sequência chegaram a igualdade. Aos 11 minutos, Everaldo entortou Kannemann, depois driblou Geromel e finalizou sem chance para Paulo Victor.

Brilhou a estrela do atacante Everton, aos 25, quando recebeu o passe Maicon, dominou e chutou. Tiepo falhou, a bola passou por baixo do goleiro e morreu no fundo da rede. Aos 33, Camilo cobrou escanteio na cabeça de Gustavo Campanharo que subiu mais alto de Léo Gomes e deixou tudo igual. A dupla de zaga Geromel e Kannemann tem vacilado muito defensivamente na partida de hoje.

Por pouco, a Chape não virou. Aos 37, após lambança de Maicon, Camilo saiu em velocidade e acionou Arthur Gomes. O camisa 27 chutou cruzado, mas a bola vai para fora. Foi bem movimentado a etapa inicial quando os dois times se mostraram interessados em atacar e buscar o gol.

O ex-colorado Camilo e o centroavante Everaldo deram bastante trabalho ao sistema defensivo gremista. Já pelo lado do Grêmio, mais uma vez Everton mostrou porque está tão valorizado atualmente no futebol brasileiro.

Muito equilíbrio marcou o início desse segundo tempo. Os visitantes tem insistido muito na bola aérea. Por sua vez, os mandantes tem dificuldade de infiltração na defesa adversária.

Perigosa nos contra-ataques, a Chape chegou ao terceiro gol. Após o cruzamento da direita, Arthur Gomes aproveitou um cochilo de Kannemann e tocou para o fundo da rede de Paulo Victor. No Brasileiro deste ano, o Grêmio não conseguiu derrotar nenhum time que está na zona do rebaixamento. Para ganhar força ofensiva, Renato sacou Alisson e colocou Pepê.

Em busca do empate, o Tricolor Gaúcho se lançou para o ataque. Já os catarinenses se fecham na defesa. Aos 25, Tiepo soltou e a bola sobrou para Pepê, que chutou para fora. Muito ágil e rápido, Everaldo escorou, aos 27, para Kayzer, que chutou. Paulo Victor evitou o quarto tento.

Sem objetividade e verticalidade, o Grêmio usou muitos toques laterais e não arriscou chutes de fora da área. Aos 31, após grande jogada, Léo Gomes cruzou para Tardelli, que cabeceou. Tiepo operou um milagre. Na base do abafa, a equipe gremista tenta chegar ao empate. Aos 35, Luan cobrou a falta na cabeça de Tardelli que cabeceou e Tiepo chegou a tocar na bola que entrou.

Uma blitz total do Tricolor Gaúcho na tentativa de fazer o quarto gol. Aos 38, Everton chutou na entrada da área e a bola explodiu no travessão. Aos 41, Luan cobrou falta na cabeça de Tardelli, que desta vez mandou para fora. Nos acréscimos o VAR foi acionado quando Kannemann caiu na área após o empurrão de Maurício Ramos. Depois de ver o recurso eletrônico, o árbitro Felipe Fernandes de Lima anulou a penalidade. Mesmo com toda pressão, o Grêmio não conseguiu atingir o triunfo.

Ficha Técnica

GRÊMIO 3 x 3 CHAPECOENSE

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre-RS

Data: 05 de agosto (segunda-feira)

Horário: 20h (de Brasília)

Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (MG)

Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG)

VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)

Renda: 410.854,00

Público Total: 15.171

Cartão amarelo: Everaldo, Régis (Chapecoense), Alisson, Kannemann, Maicon, Pedro Geromel (Grêmio)

Gols: Geromel (Grêmio), aos 08 minutos, Everaldo (Chapecoense), aos 11 minutos, Everton (Grêmio), aos 25 minutos, Gustavo Campanharo (Chapecoense), aos 33 minutos do primeiro tempo, Arthur Gomes (Chapecoense), aos 14 minutos, Diego Tardelli (Grêmio), aos 35 minutos do segundo tempo.

GRÊMIO: Paulo Victor; Léo Gomes, Geromel, Kannemann e Cortez (Luan); Maicon, Matheus Henrique, Alisson (Pepê) e Jean Pyerre (Diego Tardelli), Everton e André

Técnico: Renato Portaluppi

CHAPECOENSE: Tiepo, Eduardo, Gum, Maurício Ramos e Bruno Pacheco, Márcio Araújo, Gustavo Campanharo (Tharlis), Augusto (Amaral) e Camilo, Arthur Gomes (Renato Kayzer) e Everaldo

Técnico: Emerson Cris

Futebol