Conteúdo por Gazeta Esportiva

Em maratona, colombianos fazem história e vencem torneio de duplas de Wimbledon

Atualizado

Na final de duplas masculinas de Wimbledon, disputada neste sábado, quem levou a melhor foram os colombianos. A dupla formada por Juan Sebastián Cabal e Robert Farah venceu por 3 sets a 2 (parciais de 6/7, 7/6, 7/6, 6/7 e 6/3) os adversários Nicolas Mahut e Édouard Roger-Vasselin, da França.

O jogo teve duração de 4 horas e 55 minutos sacramentou o primeiro título de Grand Slam conquistado pelos colombianos.

O primeiro set foi marcado pelo equilíbrio do início ao fim. Sacando com confiança, as duas duplas conseguiram confirmar seus todos os serviços na parcial, levando a decisão ao tie break. Mostrando mais segurança, os franceses abriram quatro pontos de vantagem e, apesar dos colombianos terem salvado três break points, não foi o suficiente para evitar que Mahut e Vasselin levassem a parcial.

Perto do fim do primeiro set, Mahut levou uma forte bolada no olho em um “smash” de Farah. O atleta foi ao chão e tinha dificuldade para abrir o olho. Examinado por médicos, o francês pode retornar a partida, ainda que com um hematoma na testa.

No segundo set o panorama permaneceu o mesmo. A cada game da dupla francesa, Cabal e Farah chegavam ao empate, levando a um novo tie break que, com quatro serviços perdidos por Mahut e Vasselin, teve vitória dos colombianos. No início do terceiro set o equilíbrio aparentava estar sendo quebrado, com a dupla sul-americana fechando um game sem sofrer pontos, mas tal superioridade durou pouco e o jogo foi a mais um tie break, no qual os franceses levaram a melhor.

Assim como todos os anteriores, o quarto set foi ao tie break, com ambas as duplas aproveitando melhor os serviços e vitória dos franceses. No último set os franceses conseguiram quebrar duas vezes o saque, abrindo uma boa vantagem e conquistando, enfim, o título.

Mais conteúdo sobre

Tênis