Em menos de uma semana, Chapecoense perde seu terceiro jogador por lesão

Atualizado

A Chapecoense vem sofrendo com lesões neste retorno aos treinamentos presenciais. A equipe catarinense confirmou, nesta quarta-feira (24), o seu terceiro caso médico. Após o meia Vini Locatelli e o volante Alan Santos se contundirem na última semana, agora foi a vez do atacante Fernandinho apresentar um problema.

Elenco da Chapecoense – Foto: Marcio Cunha/ND

O atleta sofreu uma ruptura no ligamento cruzado anterior do joelho direito. A lesão ocorreu no treinamento da última terça-feira por trauma (torção). O atacante passará por tratamento fisioterápico até o retorno do movimento, posteriormente será submetido ao tratamento cirúrgico e ficará entregue ao departamento médico até a resolução completa do caso.

A Chapecoense não estipulou um prazo para recuperação total do atleta, que deverá levar em torno de seis meses. Além de Fernandinho, Vini Locatelli sofreu uma fratura no quinto metatarso, sendo também caso cirúrgico, e Alan Santos sofreu uma ruptura completa do tendão de Aquiles – este passará por um tratamento biológico.

Retomada Catarinense

Na última terça-feira, a Federação Catarinense de Futebol (FCF) divulgou novas diretrizes para a retomada do Estadual. A entidade, que confirmou o reinício para o dia 8 de julho, ainda aguarda um aval do governo do Estado de Santa Catarina para realização das partidas.

A Chapecoense se prepara para enfrentar o Avaí no dia 8 de julho (quarta-feira), às 21h30, na Arena Condá, em Chapecó (SC), pela partida de ida das quartas de final.

Leia também

Mais conteúdo sobre

Futebol