Em momentos distintos, Figueirense e Avaí duelam no primeiro clássico do ano

Figueirense e Avaí escrevem o primeiro capítulo da história do maior clássico de Santa Catarina em 2020 na tarde deste domingo (2), no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis.

A partida, com início às 16h, é válida pela quarta rodada do Campeonato Catarinense. O Figueirense é o líder da competição com sete pontos. Já o Avaí é o quinto colocado com quatro pontos.

Como chegam as equipes

O Figueirense chega com tranquilidade ao clássico após a vitória de virada contra o Joinville na última quarta-feira (29). A equipe do técnico Márcio coelho contou com a estrela do estreante Pedro Lucas que marcou o gol da vitória do Furacão menos de um minuto após sair do banco de reservas.

O Alvinegro deve ter o retorno do volante Arouca ao time titular. Ele foi poupado na partida de quarta-feira. Segundo Coelho, esse “descanso já estava programado pela comissão técnica”. O meia Guilherme e o atacante Pedro Lucas também podem pintar no time titular nas vagas de Lucas Henrique e Nicholas.

O zagueiro Alemão será reavaliado pelo departamento médico do clube e segue como dúvida para o clássico de domingo.

Pressão no Avaí

No Avaí o clima é de pressão após a derrota contra o Brusque. O técnico Augusto Inácio se mostrou muito irritado com a atuação da equipe e criticou o que chamou de “falta de gana de ganhar”.

Conversa no vestiário foi “tensa” no Avaí após a derrota para o Brusque – Foto: TV Avaí/Reprodução

Poupados contra o Brusque, Wesley e Bruno Silva devem começar a partida. Outro que pode pintar na equipe titular é o atacante Rildo. O jovem Jonathan, que desfalcou o Avaí na quinta-feira, deve retornar ao comando de ataque. Caso ele não tenha condições de jogo, o criticado Alemão deve iniciar entre os titulares.

O técnico português garantiu que o camisa 79 do Leão será o titular caso Jonathan não esteja disponível. Ele saiu vaiado ao ser substituído por Rildo na partida de quinta-feira.

Caso Jonathan e Rildo iniciem a partida, é provável que o português volte a adotar o sistema com dois zagueiros.

Técnicos estreantes

O clássico será o primeiro da carreira dos treinadores Márcio Coelho e Augusto Inácio. Em coletiva após a partida de quarta-feira, o treinador do Figueirense não negou a ansiedade e disse se preparar para este “campeonato a parte”.

Márcio Coelho não negou a ansiedade para a partida de domingo – Foto: Patrick Floriani/FFC

Inácio pouco falou sobre o clássico após a derrota para o Brusque. Irritado com a atuação da equipe, o português apenas afirmou preparar “a melhor equipe possível para a partida de domingo”.

Destaques

  • Figueirense: Impossível não falar do “iluminado” atacante Pedro Lucas. O jogador entrou aos 24 minutos do segundo tempo na partida contra o Joinville, e aos 25 marcou belo gol para dar a vitória ao Furacão.
  • Outro nome de destaque é o meia Guilherme. O jovem deve ganhar chance entre os titulares para a partida deste domingo. O jogador deu boa dinâmica ao meio-campo da equipe na partida contra o JEC.

Olho no “9”; Pedro Lucas mostrou ter estrela contra o JEC – Foto: Patrick Floriani/FFC

  • Avaí: Apesar da partida apagada contra o Brusque, o meia Valdívia é a principal arma do Leão para o clássico. O jogador tem três assistências no Campeonato Catarinense e deve atuar mais próximo do ataque.
  • Outro destaque do Avaí ainda é uma incógnita para o clássico. O atacante Jonathan fez boa partida contra o Marcílio Dias, marcando um gol, porém saiu machucado e desfalcou o Leão contra o Brusque. A comissão técnica espera contar com o jovem jogador para a partida deste domingo.

O camisa 10 Valdívia é a principal arma ofensiva do Leão – Foto: André Palma Ribeiro/Avaí F.C.

FICHA TÉCNICA:

Figueirense x Avaí

Figueirense: Sidão; Lucas, Pereira, Rony e Sanchez (Brunetti); Arouca, Patrick e Guilherme; Nicholas (Pedro Lucas), Vitor Feijão e Diego Gonçalves. Técnico: Márcio Coelho.

Avaí: Frigeri; Arnaldo, Airton, Betão e Capa; Pedro Castro (Lourenço), Wesley, Bruno Silva e Valdívia; Rildo (Zé Marcos) e Alemão (Jonathan). Técnico: Augusto Inácio.

Local: estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis

Data: 2/12, às 16h

Arbitragem: Bráulio da Silva Machado auxiliado por Henrique Neu Ribeiro e Johnny Barros de Oliveira; Charly Wendy Straub Deretti é o 4º árbitro.

AO VIVO: O ND+ acompanha o clássico a partir das 14h de domingo

Futebol