Em processo de “reestruturação administrativa”, Figueirense desliga Fernando Kleimmann

Atualizado

Fernando Kleimmann não é mais o diretor-executivo no Figueirense. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (15), pelo clube, logo após comunicar a chegada do diretor de Negócios e Parcerias do clube: Luiz Greco, com passagens por Santos, Cruzeiro, Athletico e Shakhtar Donetsk-UCR. Greco, segundo o comunicado emitido pelo Figueirense, será anunciado na próxima quarta, às 11h, no estádio Orlando Scarpelli.

Seguindo a promessa do presidente Cláudio Honigman de profissionalização do clube, o Furacão promoveu trocas em algumas funções mais altas ao tirar Kleimmann da função de homem do futebol. Greco, contratado para assumir outra condição, chega para o que o clube trata como “profissionalização e qualificação administrativa”. Luiz Greco falou sobre o “potencial imenso” do Figueirense.

“Vamos trabalhar, de forma integrada, para criar oportunidades não só no mercado nacional, mas também internacional. Uma prova dessa capacidade será a ida do nosso sub-20, em 2020, para torneios na Europa. É só o começo”, explicou.

Sobre a saída de Kleimmann, o Figueirense, por meio da sua assessoria de imprensa, resumiu como “reestruturação administrativa” e “foco no acesso para Série A”.

A reportagem tentou o contato com o agora ex-diretor executivo, mas até a publicação, não obteve retorno.

Fernando Kleimmann não é mais diretor-executivo do Figueirense – Rodrigo Polidoro/Mix Mídia

Futebol