Em reunião com Gean Loureiro, Avaí e Figueirense estudam retomada dos treinamentos

Atualizado

Lideranças do futebol em Florianópolis e em todo o Estado estiveram reunidos, em uma videoconferência, para pleitear a retomada dos treinamentos para os jogadores profissionais. Os presidentes de Avaí e Figueirense, além dos representantes da FCF (Federação Catarinenses de Futebol) e SC Clubes (Associação de Clubes de Futebol Profissional de Santa Catarina), estiveram presentes junto do prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (DEM).

Encontro, por videoconferência, contou também com o presidente em exercício do Avaí, Amaro Lúcio – Foto: Avaí FC/divulgação/ND

O motivo do encontro foi norteado pela reivindicação, em conjunto, para que os jogadores profissionais possam voltar a treinar. A intenção é que, a partir desse modelo sugerido no encontro, a volta do futebol passe a ser novamente debatida, sobretudo, na capital do Estado. O objetivo é que assim que o governador autorizar essa volta, o município tenha “mais segurança”.

Em função da pandemia do novo coronavírus que já matou mais de 265 mil pessoas em todo o mundo, o futebol catarinense – assim como modalidades do mundo inteiro – precisou ser paralisado. O campeonato local da Série A, por exemplo, viu sua “última” rodada no dia 15 de março, fechamento da primeira fase da competição.

Leia também

A secretaria de Saúde de Florianópolis, que contou com a presença do chefe da pasta, Carlos Alberto Justo da Silva, ficou de avaliar a solicitação e, assim que deliberada, pode servir de modelo para o restante do Estado.

No início da semana, o chefe do Executivo catarinense chegou a mencionar, com pessimismo, o retorno do futebol no Estado. Carlos Moisés estimou, sem assegurar exatamente, a volta do futebol somente para “depois do inverno”.

Além de Gean Loureiro e Carlos Alberto Justo da Silva, o presidente da FCF, Rubens Agelotti e o presidente da SC Clubes, Francisco Battistotti, estiveram presentes. O presidente do Figueirense Norton Boprré e o presidente interino do Avaí, Amaro Lúcio, assim como o médico azurra Luis Fernando Funchal também participaram da reunião.

Município se posiciona

Em contato com a assessoria de imprensa da PMF (Prefeitura Municipal de Florianópolis) a informação é que, apesar do encontro e do estudo que deve ser detalhado e analisado na capital, o retorno do futebol passa exclusivamente pela deliberação do governo do Estado.

Futebol