Equipes passaram 20 minutos reanimando atleta do Avaí após parada cardiorrespiratória

Atualizado

O atleta da categoria Sub 17 do Avaí que sofreu uma parada cardiorrespiratória, na manhã desta terça-feira (14), passou por aproximadamente 20 minutos de procedimentos de reanimação.

Segundo equipes do helicóptero Arcanjo, do Corpo de Bombeiros, a corporação foi acionada para atender o jovem de 17 anos, que havia sofrido parada cardiorrespiratória durante treinamento, no campo de futebol sintético do clube na Ressacada, no Sul da Ilha.

O atleta foi levado pelo arcanjo para o Hospital de Caridade – Divulgação/Arcanjo

O atleta recebeu o primeiro atendimento da equipe médica do Avaí, que rapidamente iniciou as manobras de reanimação.

Com a chegada do Arcanjo, a equipe, que também é formada por profissionais do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), continuou os procedimentos, com aplicação de drogas vasoativas para estimular os batimentos do coração.

Segundo os bombeiros, após aproximadamente 20 minutos de manobras e três choques, com uso de desfibrilador, o jovem teve os batimentos do coração restabelecidos.

Ele, então, foi conduzido ao Imperial Hospital de Caridade, no Centro, para receber tratamento especializado.

Segundo o assessor das categorias de base do Avaí, Alceu Atherino Neves, o clube vai se manifestar após o hospital publicar o boletim médico do atleta, previsto para o fim da tarde. O clube não informou a identidade do jovem.

Mais conteúdo sobre

Futebol