‘Erramos muito’, diz Dani Lins após derrota do Molico/Nestlé no Sul-Americano

Levantadora lamenta revés para o rival Rexona-Ades em casa na decisão do continental, e fala que equipe precisa levantar a cabeça para a Superliga

Divulgação

As jogadoras do Molico/Nestlé saíram de quadra lamentando erros e a perda de concentração durante a derrota para o Rexona-Ades neste domingo, na final do Campeonato Sul-Americano de Clubes. Mesmo jogando em casa, a equipe de Osasco foi superada por 3 a 1 e perdeu a chance de se classificar para o Campeonato Mundial.

Ex-jogadora do Rexona-Ades, a levantadora Dani Lins apontou falhas no Molico/Nestlé, mas disse que é hora de levantar a cabeça para a Superliga Feminina.

Já a líbero Camila Brait falou que sua equipe não soube se adaptar à mudança de jogo adotada pelas adversárias.

– Não mantivemos a concentração que apresentamos no primeiro set. Fizemos muito pontos de bloqueio e sabíamos que do segundo em diante elas mudariam o ataque, dando mais largada e explorando a mão de fora. Nós não soubemos digerir isso rápido e deixamos cair algumas bolas bobas e isso não pode acontecer. Temos que seguir treinando para melhorar – falou Brait.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...