Evando assume o Avaí interinamente com respaldo de Francisco Battistotti

Atualizado

O presidente do Avaí, Francisco Battistotti confirmou Evando Camillato a frente do clube, pelo menos, no duelo contra o Ceará. O mandatário azurra ainda revelou que a direção não procura ninguém no mercado e, dessa forma, Evando deve ser o responsável por tentar tirar o Leão da Ilha do Z4 da Série A.

Alberto Valentim e Evando Caminatto, na despedida do técnico – Foto: Avaí FC/divulgação

Alberto Valentim já faz parte do passado. Apesar de estender a sua “decisão”, o que fora especulado ao longo da semana foi confirmado por volta das 14h30, no estádio da Ressacada.

Leia mais

Evando, agora na condição de treinador interino, conversou com o grupo de jogadores e já foi ao campo para comandar seu “primeiro” treino a frente do time profissional.

Battistotti ainda revelou que Fabrício Bento, outro integrante da comissão técnica fixa do clube, assume o Avaí na Copa SC, na vaga de Evando.

“Estamos trazendo as pratas da casa para ascenderem em suas carreiras, esperamos que dê certo”, resumiu o presidente azurra.

Troca incomum no clube

Se Evando será efetivado futuramente não há como assegurar, mas será a primeira vez, nos últimos três anos, que o Avaí vai ter mais de dois técnicos na temporada. Desde 2016, quando passaram Raul Cabral, Silas e Claudinei Oliveira, o Avaí não trocava “tantos” técnicos em um mesmo ano.

Claudinei Oliveira chegou em 2016 e ficou no clube até 2018. Foi substituído por Geninho que, depois do acesso à Série A e o título estadual de 2019 foi sacado em nome de Alberto Valentim.

Alberto Valentim despede-se dos jogadores do Avaí – Foto: Avaí FC/divulgação

O agora ex-técnico azurra agradeceu direção, comissão técnica, jogadores e funcionários e, ao lado do presidente do Leão, garantiu que o Avaí “está vivo” na luta contra o rebaixamento à Série B.

Futebol