Conteúdo por Gazeta Esportiva

Evandro e Bruno Schmidt levam a medalha de bronze na Suíça

Evandro disputa bola na rede durante partida pelo terceiro lugar (Foto: Divulgação/FIVB)

“É um jogo em que não se pode errar, felizmente tivemos a capacidade de corrigir o rumo durante a partida. Os torcedores foram incríveis, nos motivaram a seguir lutando pelo bronze depois de termos perdido a semifinal. Devemos essa medalha a eles”, completou.

O resultado rende mais 720 pontos para Evandro e Bruno Schmidt na corrida olímpica brasileira. Eles lideram com 4.160 pontos somados, com boa vantagem sobre Alison/Álvaro Filho, que aparecem em segundo, com 3.030 pontos (veja a lista completa abaixo). Além disso, eles somam 960 pontos no ranking do Circuito Mundial e recebem um prêmio de cerca de R$ 65 mil pela terceira colocação no Major de Gstaad.

Esta é a terceira medalha de Evandro e Bruno Schmidt no Circuito Mundial 2019. Eles já tinham conquistado um ouro na etapa quatro estrelas de Varsóvia (Polônia), em junho, e uma prata na etapa quatro estrelas de Jinjiang (China), em abril.

O título do Major Series de Gstaad ficou com os noruegueses Mol e Sorum, que superaram na decisão os holandeses Brouwer e Meeuwsen por 2 sets a 0 (21/17, 21/15). Os noruegueses haviam vencido Evandro e Bruno Schmidt na semifinal, horas antes da disputa de bronze, também no sábado, por 2 sets a 0 (21/18, 21/14), em 40 minutos.

Mais conteúdo sobre

Mais Esportes