Ex-Arsenal e Sevilla, Reyes morre em acidente de carro na Espanha, aos 35 anos

Atualizado

O jogador espanhol José Antonio Reyes, de 35 anos, morreu, neste sábado (1), em acidente de carro na estrada que vai de Sevilha a Utreta, no sul da Espanha. Segundo o serviço de emergência da Andaluzia e a prefeitura de Utreta, cidade natal do atacante, Jonathan Reyes, primo do jogador, também não resistiu aos ferimentos e uma outra pessoa ficou ferida.

José Antonio Reyes atuou 110 vezes e marcou 23 gols pelo clube inglês – Arsenal/Divulgação/ND

Em 1999, Reyes, aos 16 anos, se tornou o jogador mais jovem a atuar na Primeira Divisão da Espanha, ao integrar o elenco do Sevilla. Bom jogador, despertou o interesse do Arsenal, que o contratou em 2004. Ele foi o primeiro espanhol a conquistar um título da liga inglesa. Também foi jogador do Real Madrid, time no qual se sagrou campeão espanhol em 2007. Atuou ainda pelo Benfica e Atlético de Madrid, antes de retornar ao Sevilla em 2012.

Reyes ganhou três Ligas Europa consecutivas (2014, 2015, 2016) pelo Sevilla, torneio que já havia vencido com o Atlético de Madrid duas vezes (2010, 2012). Após a segunda passagem pelo Sevilla, Reyes defendeu Espanyol, Córdoba, Xinjiang Tianshan Leopard (China) e retornou à Espanha para jogar pelo Extremadura, sendo importante na briga do time para permanecer na segunda divisão espanhola.

Reyes disputou 21 partidas pela seleção da Espanha, fez quatro gols e disputou a Copa do Mundo da Alemanha, em 2006.

Arsenal, Sevilla, Extremadura prestaram homenagens em suas redes sociais. “Não poderíamos ter uma notícia pior. Faleceu em um acidente de trânsito nosso querido José Antonio Reyes. Descanse em paz”, escreveu o Sevilla. “Com a alma encolhida e o coração partido, comunicamos a morte de Reyes em um acidente de trânsito”, lamentou o Extremadura.

“Nossos pensamentos estão com toda a sua família, amigos e companheiros de equipe. José, que fez parte da equipe Invincibles, era uma figura extremamente popular no nosso clube e sempre ocupará um lugar especial em nossos corações. Ele representou o clube em 110 ocasiões, marcando 23 vezes e fez contribuições memoráveis para a nossa série invicta de 49 jogos. Descanse em paz, José”, diz uma nota oficial no site do Arsenal. Muitos jogadores e outras equipes também se pronunciaram na internet.

Mais conteúdo sobre

Futebol