Conteúdo por Gazeta Esportiva

Ex-assessor vê pai de Neymar como responsável pela imagem ruim do jogador

Assessor de Neymar de 2010 a 2015, Eduardo Musa não poupou críticas ao atual staff do jogador, especialmente ao pai do atleta, a quem vê como principal responsável por sua imagem ruim diante da mídia, e revelou que as pessoas responsáveis por gerir a carreira do camisa 10 do Paris Saint-Germain estão em constante conflito.

“O pai Neymar não pode ser comparado como se fosse um grande profissional que guia cada aspecto da carreira de seu filho, pois não está preparado para isso. Neymar é um cara elegante, adorável e generoso, mas a imagem que deixa para a imprensa é exatamente a contrária. E seu pai é o responsável por isso”, disse o ex-assessor ao jornal francês L’Equipe.

“Acredito que ele (Neymar) deixou de fazer as coisas com o coração, esse é o problema. Neymar e seu staff estão em permanente conflito, e se negam a aceitar as críticas. Estão colhendo o que plantaram durante muito tempo. Neymar é fiel aos que estão com ele desde o início, especialmente seu pai, mas isso o faz mal”, completou.

Musa ainda disse que Neymar, em conjunto das pessoas que gerem sua carreira, perderam o foco no futebol, dando maior importância a questões comerciais, festas e jantares. O ex-assessor ainda vê o retorno do brasileiro ao Barcelona com bons olhos, uma vez que o clima no Paris Saint-Germain não está propício para o atacante retornar o foco ao esporte.

“Neymar precisa esquecer sua imagem, deixar de lado suas obrigações comerciais e renunciar a ideia de ser o número um. Necessita voltar ao lugar de onde veio. Neymar e sua equipe só falam de negócios, restaurantes e festas. Já não falam de esporte. Ele precisa recuperar o seu amor pelo futebol e isso depende unicamente dele”, afirmou.

“Acredito que sim (sobre a volta ao Barcelona), mas não sei se o PSG vai deixar. Parece que o melhor seria ele voltar para o Barcelona, porque no PSG, talvez, já não seja mais bem-vindo”, finalizou.

Futebol