Ex-atacante do Avaí é cortado da seleção por risco de morte súbita

Atualizado

Camaronês Joel atuou no Avaí em 2017, na campanha que culminou com a queda da Série A – André Palma Ribeiro/Avaí/Divulgação

O camaronês Joel, com passagem pelo Avaí em 2017, foi cortado da seleção de Camarões que vai disputar a Copa Africana das Nações, no Egito. Atualmente no Marítimo-POR, o atacante que anotou três gols com a camisa do Leão, no ano que terminou com a queda para a Série B, teve que ser retirado da competição africana depois de ser diagnosticado com uma anomalia na artéria coronária. As informações são do portal ESPN.

Conforme publicado no perfil oficial em uma rede social, a Federação Camaronesa de Futebol, o médico da seleção William Ngatchou detectou a anomalia em Diederrick Joel Tagueu, 25 anos que, segundo informado, corre risco de um mal súbito dentro de campo.

“A notícia da partida de Joël Tagueu do torneio foi recebida com muita tristeza no vestiário. A equipe técnica e os jogadores não conseguiram conter as lágrimas. Um recurso foi apresentado à Confederação Africana de Futebol para sua possível substituição”, disse a Federação.

Revelado no Londrina, o camaronês jogou por Santos, Cruzeiro, Avaí, Botafogo e Coritiba. Desde o começo do ano passado, ele defende o Marítimo.

Mais conteúdo sobre

Futebol