Conteúdo por Gazeta Esportiva

Ex-capitão do Uruguai, Diego Forlán anuncia aposentadoria do futebol

Aos 40 anos, Diego Forlán, ex-capitão da seleção do Uruguai, anunciou que não jogará mais futebol profissionalmente. O anúncio veio na noite da última terça-feira à emissora de televisão Teledoce, reproduzidas pelo jornal El Observador, e confirmado nesta quarta pelo jogador em suas redes sociais.

“Decidi parar de jogar futebol profissionalmente. Recentemente eu tive uma oferta para jogar, mas estava procurando desculpas. Eu me tornei mais seletivo e estava mais difícil”, disse o atacante, que foi eleito melhor jogador da Copa do Mundo de 2010, na África do Sul.

Ele confirmou a informação em seu Instagram oficial. “Depois de 21 anos, tomei a decisão de terminar minha carreira como jogador de futebol profissional. Um belo palco fecha cheio de grandes memórias e emoções, mas outro dos novos desafios começará. Obrigado a todos que de uma forma ou de outra me acompanharam nesse caminho!”, escreveu.

Durante a carreira, atuou pelo Independiente, da Argentina, Manchester United, Villarreal e Atlético de Madrid, no qual foi artilheiro duas vezes da liga espanhola. Também jogou na Inter de Milão, Internacional de Porto Alegre e o uruguaio Peñarol, seu time de coração. O último clube foi o Kitchee Sports, de Hong Kong.

Pela seleção uruguaia, na qual se aposentou em 2015, marcou 36 gols em 112 partidas. Os dois contra o Paraguai na final da Copa América de 2011 estão entre os mais relembrados pelos torcedores de seu país. Para muitos torcedores até hoje não surgiu na Celeste Olímpica um jogador que pudesse substituí-lo à altura.

Futebol