Ex-presidente do Bahia, Antonio Pedreira Pithon morre aos 74 anos

Dirigente projetou o CT do Fazendão, utilizado pelo clube há mais de 40 anos

Antonio Pedreira Pithon, presidente do Bahia entre os anos de 1996 e 1997, faleceu na manhã desta quarta-feira, por falência múltipla de órgãos. Aos 74 anos, ele estava internado desde o dia 10 de outubro em um hospital de Salvador.

Arquiteto por formação, Pithon projetou o Fazendão, centro de treinamento utilizado pelos jogadores do Esquadrão de Aço até hoje em dia. A construção do CT aconteceu na década de 70, quando Pithon era diretor de patrimônio do clube.

Em seu site oficial, o Bahia emitiu uma nota de pesar e de apoio à família de Pithon. O sepultamento do ex-presidente será nesta quinta-feira, no cemitério Jardim da Saudade. No sábado, na partida contra o Botafogo, pela 32ª rodada do Brasileirão, um minuto de silêncio será respeitado em sua homenagem. 

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Esportes

Loading...