Conteúdo por Gazeta Esportiva

Ex-presidente do Conselho Deliberativo do Flamengo morre de covid-19

Atualizado

O Flamengo emitiu uma nota de pesar pelo falecimento do ex-presidente do Conselho Deliberativo, Sylvio Capanema, neste sábado. Com 82 anos, o sócio benemérito ficou internado por 83 dias lutando contra a covid.

(Foto: Divulgação)

Além do conselho deliberativo, ele também participou de comissões jurídicas, estatutárias e inquéritos do setor. O velório será realizado neste domingo, no cemitério do Caju, no Rio de Janeiro.

Este é a segunda morte de impacto dentro do Flamengo. Anteriormente, o massagista Jorginho, funcionário mais antigo do clube, também sucumbiu ao coronavírus.

Confira a nota oficial do Flamengo:

“O Clube de Regatas do Flamengo lamenta profundamente o falecimento, aos 82 anos, do sócio benemérito e ex-presidente do Conselho Deliberativo Sylvio Capanema de Souza.

O velório será realizado neste domingo, no cemitério do Caju, das 13h às 13h30. Em seguida, o corpo será cremado.

Dono de uma carreira brilhante e com extenso currículo, o desembargador aposentado, advogado e professor Sylvio Capanema foi, no Clube, membro nato dos Conselhos de Administração e Deliberativo. Também atuou em comissões jurídicas, estatutárias e de inquérito dos Conselhos. Participou permanentemente prestando assessoria jurídica aos Poderes do Flamengo, emitindo pareceres e esclarecimentos jurídicos. Em 2008, foi orador na reunião solene do Conselho Deliberativo.

Decano e Professor Emérito na Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro, Sylvio Capanema atualmente advogava em seu escritório, referência na área do Direito Civil e Empresarial, com ênfase no Direito Imobiliário e dos Contratos.

Que Deus conforte todos seus familiares, amigos e alunos neste momento tão difícil.

Na próxima partida do Flamengo pelo Campeonato Estadual, será prestado um minuto de silêncio em sua homenagem.”

Futebol