Conteúdo por Gazeta Esportiva

Falta de centroavante é preocupação no Vasco

Vasco sofre para repor a vaga de Maxi López (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br)

O Vasco conseguiu aproveitar o recesso do Campeonato Brasileiro, paralisado por conta da disputa da Copa América no Brasil, para contratar dois reforços. O volante Richard, que foi cedido pelo Corinthians, e o meia Marquinho, que vinha se destacando pelo Athletico Paranaense, chegaram para reforçar o plantel comandado por Vanderlei Luxemburgo. Porém, a posição considerada mais carente pelo treinador, o comando de ataque, continua sem dono.

Vanderlei tinha solicitado a chegada de um jogador para a vaga deixada pelo argentino Maxi López, que deixou São Januário. O jovem Tiago Reis é o único atleta de origem, porém, é considerado muito novo para ser tratado como titular absoluto.

Alguns nomes foram procurados, porém, os acordos acabaram não acontecendo, principalmente porque o Vasco não vive seu melhor momento financeiro, tendo encontrado problemas para manter seus compromissos em dia.

O atacante Talles Magino, recuperado de entorse no tornozelo direito, volta a ficar à disposição da comissão técnica. Outra boa notícia é que o lateral-esquerdo Ramon já está sendo visto trabalhando com os demais companheiros. O jogador segue tratando de recuperação de lesão no joelho esquerdo, que exigiu que ele se submetesse a uma cirurgia. Apesar de estar reclamando de dores na panturrilha direita, o atacante Rossi não preocupa para os próximos compromissos.

O próximo desafio do Vasco no Campeonato Brasileiro será o duelo com o Grêmio neste sábado, às 19h (de Brasília), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS), pela décima rodada da competição. A terça-feira será de trabalho em tempo integral em Foz do Iguaçu (PR), onde o time se prepara até o duelo com os gaúchos.

Futebol