Conteúdo por Gazeta Esportiva

Falta de chance com novo técnico e pedida alta do Santos frustram Porozo

Jackson Porozo ainda não estreou como profissional do Santos (Divulgação/Pedro Azevedo – SFC)

Jackson Porozo vivia a expectativa de ganhar as primeiras chances no elenco profissional do Santos neste início de Campeonato Paulista. As ausências de Lucas Veríssimo e Felipe Aguilar, além da saída de Gustavo Henrique, aumentaram o otimismo. Mas a oportunidade não chegou.

O técnico Jesualdo Ferreira escalou Luiz Felipe e Luan Peres como titulares e deu chance e Alex Nascimento e Wagner Leonardo entre os reservas. Agora Veríssimo está recuperado e Aguilar está perto do retorno.

Porozo disputou o Pré-Olímpico Sub-20 com a seleção do Equador e perdeu os dois primeiros jogos do Paulistão. E ainda não foi inscrito na competição em seu retorno.

Convocado para o time principal do Equador aos 19 anos, Jackson Porozo quer atuar e não pretende ficar apenas no time B. O Peixe, porém, não demonstra interesse em emprestá-lo e quer 5 milhões de euros (R$ 23,7 mi) pela saída definitiva.

Porozo tem contrato até 2023 e recebe um dos menores salários entre os atletas profissionais. Seu estafe espera por valorização técnica e financeira.

Mais conteúdo sobre

Futebol