Conteúdo por Gazeta Esportiva

Felipão espera dificuldades no Palmeiras com a Copa América

A vitória por 2 a 0 sobre o Avaí, na última quinta-feira, confirmou a excelente campanha do Palmeiras no Brasileirão antes da parada para a Copa América. Líder invicto da competição com 22 pontos, o Verdão não conhece uma derrota desde abril, quando perdeu para o San Lorenzo na Libertadores. Apesar da boa fase, o técnico Luiz Felipe Scolari espera dificuldades para a equipe com a folga.

“Os resultados foram melhores que o do primeiro trimestre, apareceram de forma diferente. Mas não foram aqueles 15 dias (de pausa após o Campeonato Paulista) que fizeram diferença, é o trabalho constante. Com a parada, vamos ter algumas dificuldades”, avaliou Felipão.

Em oito jogos no Campeonato Brasileiro, são sete vitórias e um empate, com um aproveitamento de 91%. Além disso, o Palmeiras mantém-se vivo na Copa Libertadores e na Copa do Brasil. Para que a parada não afete negativamente a equipe, Felipão já planeja as atividades durante a Copa América.

“Vamos parar, vou dar uns 10 dias para os atletas para que eles fiquem fora. Depois vamos organizar um ou outro amistoso, trabalho em dois turnos. Vamos ter um recomeço, quem sabe, um pouquinho diferente. Mas também vamos estar bem na nossa volta. Com um departamento organizado vamos estar nas mesmas condições”, declarou o treinador.

O primeiro compromisso do Palmeiras depois da Copa América, no dia 10 de julho, será contra o Internacional, pela primeira partida das quartas de final da Copa do Brasil. No dia 14, o Verdão enfrenta o São Paulo pelo Brasileirão. Já pela Copa Libertadores, o duelo das oitavas de final será contra o Godoy Cruz, no dia 23.

Futebol