Conteúdo por Gazeta Esportiva

FIA mantém punição a Vettel e vitória no Canadá fica com Hamilton

Atualizado

De nada valeu a pressão pública, os indícios e nem mesmo o histórico de momentos semelhantes: Lewis Hamilton é o vencedor do Grande Prêmio do Canadá de Fórmula 1. Nesta sexta-feira, os comissários da FIA avaliaram o material apresentado pela Ferrari, mas decidiram manter a punição de cinco segundos dada a Sebastian Vettel por “fechar” o piloto inglês. Com isso, o atual campeão segue com o troféu da prova.

De acordo com o comunicado divulgado pela FIA, “não há novos elementos relevantes que não estavam disponíveis para as partes no momento da competição em questão”. Dessa forma, nenhum dos materiais apresentados pela escuderia italiana surtiram efeito, nem mesmo um vídeo do analista indiano Karun Chandhok, considerada uma opinião pessoal.

Na 48ª volta do GP do Canadá, Vettel cometeu um erro entre as curvas 3 e 4 e voltou à pista “fechando” Lewis Hamilton, que teve de frear para evitar uma batida. Apesar de ter cruzado em primeiro, o alemão foi punido com cinco segundos e perdeu a primeira posição para Hemilton. Ao fim da prova, o piloto da Ferrari não escondeu a frustração e chegou a trocar as placas das posições finais.

A vitória de Hamilton no GP do Canadá, em Montreal, deixa o britânico da Mercedes ainda mais líder do Mundial de Pilotos com 162 pontos. Seu companheiro Valtteri Bottas é o vice-líder com 132. Punido, Vettel foi a 100 pontos após terminar na segunda posição. O próximo compromisso da Fórmula 1 será o Grande Prêmio da França, a oitava etapa de 2019.

Mais conteúdo sobre

Mais Esportes