Figueirense é eliminado da Copa Sul-americana nos pênaltis

Daniel Queiroz/ND

Jogadores do Atlético-GO vibram com vitória nos pênaltis

Assim como na última participação do Alvinegro na Sul-americana, em 2007, a decisão da primeira fase para o Figueirense foi na cobrança de pênaltis. E nesta quinta-feira (23), contra o Atlético-GO, mais uma vez acabou eliminado. Após o placar de 1 a 1 no tempo regulamentar com gol de Túlio, pelo Furacão, e de Gustavo, pelo Dragão, o time visitante saiu vitorioso pelo placar de 4 a 2 em sua primeira participação internacional.

As mudanças deixaram o time desentrosado, e os 5.217 torcedores viram um primeiro tempo fraco no Orlando Scarpelli. Com muitos erros de passe, Figueirense e Atlético-GO chegaram poucas vezes ao gol. Em um desses erros saiu o primeiro do jogo. O volante Túlio tentou deixar Aloisio na cara do gol, mas a zaga cortou. Quase caindo o jogador chutou de esquerda e a bola morreu no canto direito do goleiro Márcio, aos 36 minutos.

Com a vantagem no placar, o time da casa voltou apático para o gramado e viu o adversário crescer aos poucos. Aos 13 minutos, em uma falta da direita para o Dragão, o latera-direito Marcos levantou no segundo poste e o zagueiro Gustavo, quase fora de campo cabeceou para encobrir o goleiro Ricardo. 

Com a igualdade, os laterais Doriva e Marquinhos passaram a ir mais ao ataque e o Figueirense passou a pressionar na metade final, mas a partida foi mesmo para os pênaltis. Na decisão, Ricardo pegou o primeiro pênalti de Marcos, mas com os erros de Fernandes e João Paulo, os gols de Dodó, Ernandes, Márcio e Patric deram a classificação ao Dragão.

Esporte