Figueirense recebe o Vila Nova para sair do Z4 da Série B

O Figueirense entra em campo nesta terça-feira (5), diante do Vila Nova, às 20h30, no estádio Orlando Scarpelli. O duelo, que é decisivo para os dois times na luta contra a degola, é válido pela 33ª rodada da competição que adentra sua reta final que chega em forma de maratona.

Elenco do Figueirense – Foto: Andrey Oliveira/FFC/divulgação

Novembro, além de ser o penúltimo mês do ano, geralmente chega com o sentimento de que “passou voando”. Paralelo a velocidade dos dias está a Série B que, restando seis jogos, acelera o passo e espreme o calendário até o dia 30 de novembro, data da última rodada da competição.

Leia também

A maratona, que já teve início no último sábado, segue nesta terça em jogo fundamental diante do Vila Nova que está a dois pontos do Figueirense, na 19ª posição, em condição periclitante na tabela.

Depois de 12 rodadas afundado entre os quatro últimos, o representante de Florianópolis na segundona pode, finalmente, deixar o pelotão do rodapé. Para isso acontecer, contudo, o time precisa fazer sua parte e secar o Londrina que entra em campo em Goiânia (GO), contra o Atlético.

Reforços em campo

Expectativa da comissão técnica do Furacão é poder contar com o volante Betinho, vetado da viagem para Salvador (BA) devido a problemas cardíacos. O camisa 8 do alvinegro, no entanto, pode estar a disposição do técnico Pintado.

Quem volta ao time titular de certeza é o zagueiro Ruan Renato que, por ser emprestado pelo Vitória, teve que ficar de fora do confronto que terminou empatado em 2 a 2, no último sábado.

Outro reforço que o clube conta é o do torcedor. Depois de colocar mais de 15 mil pessoas no duelo diante do Criciúma, há cerca de dez dias, a direção projeta a presença dos alvinegros, mais uma vez, nas dependências do estádio Orlando Scarpelli.

Rival pressionado

O Vila Nova, que nas últimas três edições da Série B lutou para subir, nessa temporada faz campanha pífia. O Tigrão é 19º colocado com 31 pontos e o pior ataque da competição, com 23 gols anotados em 32 jogos.

O técnico Itamar Schulle projeta a equipe com mudanças em quase todos os setores. “As mudanças não são feitas de maneira aleatória e, sim, baseadas em números. Queremos o melhor para o Vila Nova”, resumiu o comandante.

Ficha técnica:

Figueirense: Pegorari; Luis Ricardo, Alemão, Ruan Renato e Conrado; Patrick, Tony (Betinho) e Fellipe Mateus; Jefferson Renan, Rafael Marques e Breno. Técnico: Pintado.

Vila Nova: Alan Bernardon; Diego Jussani, Wesley Matos e Elivelton; Tinga, Ramon, Magno e Gastón Filgueira; Capixaba, Gustavo Henrique e Erick. Técnico: Itamar Schulle.

Local: estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC). Data: 05/11/19. Hora: 20h30.

Arbitragem: Wanderson Alves Sousa (MG); auxiliado por Celso Luiz da Silva (MG) e Leonardo Henrique Pereira (MG).

Futebol