Final da Série C do Carioca acaba em confusão e com uma pessoa ferida

Mageense e Itaboraí Profute termina em confusão neste domingo (Foto: Reprodução/Twitter)
Mageense e Itaboraí Profute termina em confusão neste domingo (Foto: Reprodução/Twitter)

O título do Mageense sobre o Itaboraí Profute, pela Terceira Divisão do Campeonato Carioca, ficou em segundo plano por conta de confusão fora do Giulite Coutinho. De acordo com o site FutRio, Jéssica da Silva Souza, de 20 anos, foi baleada, e transferida para o Hospital da Posse, em Nova Iguaçu, e a bala perfurou a perna esquerda, mas tem situação estável.

Um dos torcedores do Mageense sacou uma arma e atirou duas vezes na direção de um ônibus que levava outros torcedores do próprio clube, gerando pânico entre moradores e pessoas que tinham ido assistir à partida.

De acordo com as informações, o clima tenso começou ainda dentro do Estádio. O portão do Giulite Coutinho teve que ser fechado para impedir uma possível invasão de torcedores.

Além disso, uma outra mulher desmaiou com a confusão e foi levada para o hospital mais próximo. Antes disso, as pessoas ficaram no estacionamento do Giulite Coutinho por segurança.

As pessoas, que estavam no local, relataram que durante o jogo não houve policiamento. Com o início da confusão, a Polícia Militar foi chamada para conter os torcedores revoltados.

Mais conteúdo sobre

Esporte