Conteúdo por Gazeta Esportiva

Flamengo abre vantagem, mas cede empate ao Goiás no Serra Dourada

Em partida movimentada, o Flamengo tropeçou e ficou no empate por 2 a 2 com o Goiás, nesta quarta-feira, no Serra Dourada. Com o resultado, os rubro-negros seguem na liderança do Brasileirão, com 68 pontos, oito a frente do Palmeiras. Os goianos, com 39, continuam no meio da classificação.

Após um primeiro tempo equilibrado, com poucas chances de gol, o Flamengo se aproveitou das cobranças de escanteio na etapa final para marcar com Gabigol e Rodrigo Caio. Só que o Goiás arrancou o empate com gols de Rafael Moura e Michael.

Na próxima rodada, o Flamengo terá pela frente o Corinthians, neste domingo, no Maracanã. No mesmo dia, o Goiás recebe o Avaí, novamente no Serra Dourada.

Comandados de Jorge Jesus cederam o empate para o Goiás (Foto: Alexandre Vidal/CRF)

O jogo – O Goiás tentou pressionar no início, mas viu o Flamengo quase abrir o placar aos quatro minutos. Após cobrança de escanteio, Pablo Marí desviou de cabeça e acertou a trave.

Após um período de muita correria, mas pouca emoção, o Goiás teve sua melhor chance, aos 29 minutos. Após cobrança de escanteio, Fábio Sanches cabeceou cruzado, muito próximo ao gol.

Depois disso, os donos da casa cresceram no jogo e passaram a chegar com mais intensidade ao ataque. O Flamengo mudou sua postura e tentou surpreender nos contra-ataques. No melhor deles, aos 40 minutos, Gabigol foi lançado na área, mas acabou abafado pelo goleiro Tadeu. Assim, o duelo permaneceu empatado até o intervalo.

No segundo tempo, o jogo permaneceu equilibrado nos primeiros minutos. O Flamengo criou a primeira boa chance aos oito minutos, quando Gabigol recebeu passe na área e chutou para boa defesa de Tadeu. Mas na cobrança de escanteio, Rodrigo Caio cabeceou, o goleiro goiano deu rebote no pé de Gabigol, que mandou para a rede.

O revés foi sentido pelos donos da casa, que viram o Flamengo dominar as ações. Não demorou muito e os rubro-negros aumentaram a vantagem no Serra Dourada. Após nova cobrança de escanteio, Bruno Henrique escorou e Rodrigo Caio apareceu para empurrar para o gol.

O segundo gol fez o Flamengo diminuir o ritmo. Mesmo assim, os rubro-negros seguiam se ser incomodados. Somente aos 31 minutos, o Goiás conseguiam chegar bem ao ataque e marcou com Rafael Moura, após passe de Michael.

O gol animou os goianos, que quase empataram no minuto seguinte. Após erro na saída de bola do Flamengo, Michael ficou com a bola e arriscou de fora da área. A bola passou perto da trave de Cesar. Depois, foi a vez de Rafael Vaz chutar de longe e assustar os visitantes.

Nos minutos finais, o confronto ganhou em emoção quando o goleiro Cesar foi expulso após acertar Yago Felipe fora da área. No lance, Pablo Marí salvou os rubro-negros em chute de Rafael Moura. A partir dai, os donos da casa foram para cima e conseguiram o empate aos 49 minutos, com Michael.

Na saída de bola, Gabigol arriscou do meio campo e quase acertou o gol de Tadeu. O Goiás ainda buscou a virada, mas teve que se contentar com o empate no Serra Dourada.

FICHA TÉCNICA

GOIÁS-GO 2 X 2 FLAMENGO-RJ

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Data: 31 de outubro de 2019 (Quinta-feira)

Horário: 20h (de Brasília)

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)

Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG)

Cartões amarelos: Rafael Moura, Jefferson, Leandro Barcia e Gilberto (Goiás); Gabigol e Bruno Henrique (Flamengo)

Cartão vermelho: Cesar (Flamengo)

GOLS

GOIÁS: Rafael Moura, aos 31min do segundo tempo; Michael, aos 49min do segundo tempo

FLAMENGO: Gabigol, aos 9min do segundo tempo; Rodrigo Caio, aos 17min do segundo tempo

GOIÁS: Tadeu, Yago Rocha (Breno), Fábio Sanches, Rafael Vaz e Jefferson (Alan Ruschel); Gilberto, Yago Felipe e Léo Sena (Thalles); Michael, Rafael Moura e Leandro Barcia

Técnico: Ney Franco

FLAMENGO: Cesar, Rodinei, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luis; Willian Arão, Piris da Motta, De Arrascaeta (Gerson) e Everton Ribeiro (Vitinho) (Gabriel Batista); Bruno Henrique e Gabigol

Técnico: Jorge Jesus

Futebol

Conteúdo por Gazeta Esportiva

Flamengo abre vantagem, mas cede empate ao Goiás no Serra Dourada

Em partida movimentada, o Flamengo tropeçou e ficou no empate por 2 a 2 com o Goiás, nesta quarta-feira, no Serra Dourada. Com o resultado, os rubro-negros seguem na liderança do Brasileirão, com 68 pontos, oito a frente do Palmeiras. Os goianos, com 39, continuam no meio da classificação.

Após um primeiro tempo equilibrado, com poucas chances de gol, o Flamengo se aproveitou das cobranças de escanteio na etapa final para marcar com Gabigol e Rodrigo Caio. Só que o Goiás arrancou o empate com gols de Rafael Moura e Michael.

Na próxima rodada, o Flamengo terá pela frente o Corinthians, neste domingo, no Maracanã. No mesmo dia, o Goiás recebe o Avaí, novamente no Serra Dourada.

Comandados de Jorge Jesus cederam o empate para o Goiás (Foto: Alexandre Vidal/CRF)

O jogo – O Goiás tentou pressionar no início, mas viu o Flamengo quase abrir o placar aos quatro minutos. Após cobrança de escanteio, Pablo Marí desviou de cabeça e acertou a trave.

Após um período de muita correria, mas pouca emoção, o Goiás teve sua melhor chance, aos 29 minutos. Após cobrança de escanteio, Fábio Sanches cabeceou cruzado, muito próximo ao gol.

Depois disso, os donos da casa cresceram no jogo e passaram a chegar com mais intensidade ao ataque. O Flamengo mudou sua postura e tentou surpreender nos contra-ataques. No melhor deles, aos 40 minutos, Gabigol foi lançado na área, mas acabou abafado pelo goleiro Tadeu. Assim, o duelo permaneceu empatado até o intervalo.

No segundo tempo, o jogo permaneceu equilibrado nos primeiros minutos. O Flamengo criou a primeira boa chance aos oito minutos, quando Gabigol recebeu passe na área e chutou para boa defesa de Tadeu. Mas na cobrança de escanteio, Rodrigo Caio cabeceou, o goleiro goiano deu rebote no pé de Gabigol, que mandou para a rede.

O revés foi sentido pelos donos da casa, que viram o Flamengo dominar as ações. Não demorou muito e os rubro-negros aumentaram a vantagem no Serra Dourada. Após nova cobrança de escanteio, Bruno Henrique escorou e Rodrigo Caio apareceu para empurrar para o gol.

O segundo gol fez o Flamengo diminuir o ritmo. Mesmo assim, os rubro-negros seguiam se ser incomodados. Somente aos 31 minutos, o Goiás conseguiam chegar bem ao ataque e marcou com Rafael Moura, após passe de Michael.

O gol animou os goianos, que quase empataram no minuto seguinte. Após erro na saída de bola do Flamengo, Michael ficou com a bola e arriscou de fora da área. A bola passou perto da trave de Cesar. Depois, foi a vez de Rafael Vaz chutar de longe e assustar os visitantes.

Nos minutos finais, o confronto ganhou em emoção quando o goleiro Cesar foi expulso após acertar Yago Felipe fora da área. No lance, Pablo Marí salvou os rubro-negros em chute de Rafael Moura. A partir dai, os donos da casa foram para cima e conseguiram o empate aos 49 minutos, com Michael.

Na saída de bola, Gabigol arriscou do meio campo e quase acertou o gol de Tadeu. O Goiás ainda buscou a virada, mas teve que se contentar com o empate no Serra Dourada.

FICHA TÉCNICA

GOIÁS-GO 2 X 2 FLAMENGO-RJ

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Data: 31 de outubro de 2019 (Quinta-feira)

Horário: 20h (de Brasília)

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)

Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG)

Cartões amarelos: Rafael Moura, Jefferson, Leandro Barcia e Gilberto (Goiás); Gabigol e Bruno Henrique (Flamengo)

Cartão vermelho: Cesar (Flamengo)

GOLS

GOIÁS: Rafael Moura, aos 31min do segundo tempo; Michael, aos 49min do segundo tempo

FLAMENGO: Gabigol, aos 9min do segundo tempo; Rodrigo Caio, aos 17min do segundo tempo

GOIÁS: Tadeu, Yago Rocha (Breno), Fábio Sanches, Rafael Vaz e Jefferson (Alan Ruschel); Gilberto, Yago Felipe e Léo Sena (Thalles); Michael, Rafael Moura e Leandro Barcia

Técnico: Ney Franco

FLAMENGO: Cesar, Rodinei, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luis; Willian Arão, Piris da Motta, De Arrascaeta (Gerson) e Everton Ribeiro (Vitinho) (Gabriel Batista); Bruno Henrique e Gabigol

Técnico: Jorge Jesus

Futebol

Conteúdo por Gazeta Esportiva

Flamengo abre vantagem, mas cede empate ao Goiás no Serra Dourada

Em partida movimentada, o Flamengo tropeçou e ficou no empate por 2 a 2 com o Goiás, nesta quarta-feira, no Serra Dourada. Com o resultado, os rubro-negros seguem na liderança do Brasileirão, com 68 pontos, oito a frente do Palmeiras. Os goianos, com 39, continuam no meio da classificação.

Após um primeiro tempo equilibrado, com poucas chances de gol, o Flamengo se aproveitou das cobranças de escanteio na etapa final para marcar com Gabigol e Rodrigo Caio. Só que o Goiás arrancou o empate com gols de Rafael Moura e Michael.

Na próxima rodada, o Flamengo terá pela frente o Corinthians, neste domingo, no Maracanã. No mesmo dia, o Goiás recebe o Avaí, novamente no Serra Dourada.

Comandados de Jorge Jesus cederam o empate para o Goiás (Foto: Alexandre Vidal/CRF)

O jogo – O Goiás tentou pressionar no início, mas viu o Flamengo quase abrir o placar aos quatro minutos. Após cobrança de escanteio, Pablo Marí desviou de cabeça e acertou a trave.

Após um período de muita correria, mas pouca emoção, o Goiás teve sua melhor chance, aos 29 minutos. Após cobrança de escanteio, Fábio Sanches cabeceou cruzado, muito próximo ao gol.

Depois disso, os donos da casa cresceram no jogo e passaram a chegar com mais intensidade ao ataque. O Flamengo mudou sua postura e tentou surpreender nos contra-ataques. No melhor deles, aos 40 minutos, Gabigol foi lançado na área, mas acabou abafado pelo goleiro Tadeu. Assim, o duelo permaneceu empatado até o intervalo.

No segundo tempo, o jogo permaneceu equilibrado nos primeiros minutos. O Flamengo criou a primeira boa chance aos oito minutos, quando Gabigol recebeu passe na área e chutou para boa defesa de Tadeu. Mas na cobrança de escanteio, Rodrigo Caio cabeceou, o goleiro goiano deu rebote no pé de Gabigol, que mandou para a rede.

O revés foi sentido pelos donos da casa, que viram o Flamengo dominar as ações. Não demorou muito e os rubro-negros aumentaram a vantagem no Serra Dourada. Após nova cobrança de escanteio, Bruno Henrique escorou e Rodrigo Caio apareceu para empurrar para o gol.

O segundo gol fez o Flamengo diminuir o ritmo. Mesmo assim, os rubro-negros seguiam se ser incomodados. Somente aos 31 minutos, o Goiás conseguiam chegar bem ao ataque e marcou com Rafael Moura, após passe de Michael.

O gol animou os goianos, que quase empataram no minuto seguinte. Após erro na saída de bola do Flamengo, Michael ficou com a bola e arriscou de fora da área. A bola passou perto da trave de Cesar. Depois, foi a vez de Rafael Vaz chutar de longe e assustar os visitantes.

Nos minutos finais, o confronto ganhou em emoção quando o goleiro Cesar foi expulso após acertar Yago Felipe fora da área. No lance, Pablo Marí salvou os rubro-negros em chute de Rafael Moura. A partir dai, os donos da casa foram para cima e conseguiram o empate aos 49 minutos, com Michael.

Na saída de bola, Gabigol arriscou do meio campo e quase acertou o gol de Tadeu. O Goiás ainda buscou a virada, mas teve que se contentar com o empate no Serra Dourada.

FICHA TÉCNICA

GOIÁS-GO 2 X 2 FLAMENGO-RJ

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Data: 31 de outubro de 2019 (Quinta-feira)

Horário: 20h (de Brasília)

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)

Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG)

Cartões amarelos: Rafael Moura, Jefferson, Leandro Barcia e Gilberto (Goiás); Gabigol e Bruno Henrique (Flamengo)

Cartão vermelho: Cesar (Flamengo)

GOLS

GOIÁS: Rafael Moura, aos 31min do segundo tempo; Michael, aos 49min do segundo tempo

FLAMENGO: Gabigol, aos 9min do segundo tempo; Rodrigo Caio, aos 17min do segundo tempo

GOIÁS: Tadeu, Yago Rocha (Breno), Fábio Sanches, Rafael Vaz e Jefferson (Alan Ruschel); Gilberto, Yago Felipe e Léo Sena (Thalles); Michael, Rafael Moura e Leandro Barcia

Técnico: Ney Franco

FLAMENGO: Cesar, Rodinei, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luis; Willian Arão, Piris da Motta, De Arrascaeta (Gerson) e Everton Ribeiro (Vitinho) (Gabriel Batista); Bruno Henrique e Gabigol

Técnico: Jorge Jesus

Futebol

Conteúdo por Gazeta Esportiva

Flamengo abre vantagem, mas cede empate ao Goiás no Serra Dourada

Em partida movimentada, o Flamengo tropeçou e ficou no empate por 2 a 2 com o Goiás, nesta quarta-feira, no Serra Dourada. Com o resultado, os rubro-negros seguem na liderança do Brasileirão, com 68 pontos, oito a frente do Palmeiras. Os goianos, com 39, continuam no meio da classificação.

Após um primeiro tempo equilibrado, com poucas chances de gol, o Flamengo se aproveitou das cobranças de escanteio na etapa final para marcar com Gabigol e Rodrigo Caio. Só que o Goiás arrancou o empate com gols de Rafael Moura e Michael.

Na próxima rodada, o Flamengo terá pela frente o Corinthians, neste domingo, no Maracanã. No mesmo dia, o Goiás recebe o Avaí, novamente no Serra Dourada.

Comandados de Jorge Jesus cederam o empate para o Goiás (Foto: Alexandre Vidal/CRF)

O jogo – O Goiás tentou pressionar no início, mas viu o Flamengo quase abrir o placar aos quatro minutos. Após cobrança de escanteio, Pablo Marí desviou de cabeça e acertou a trave.

Após um período de muita correria, mas pouca emoção, o Goiás teve sua melhor chance, aos 29 minutos. Após cobrança de escanteio, Fábio Sanches cabeceou cruzado, muito próximo ao gol.

Depois disso, os donos da casa cresceram no jogo e passaram a chegar com mais intensidade ao ataque. O Flamengo mudou sua postura e tentou surpreender nos contra-ataques. No melhor deles, aos 40 minutos, Gabigol foi lançado na área, mas acabou abafado pelo goleiro Tadeu. Assim, o duelo permaneceu empatado até o intervalo.

No segundo tempo, o jogo permaneceu equilibrado nos primeiros minutos. O Flamengo criou a primeira boa chance aos oito minutos, quando Gabigol recebeu passe na área e chutou para boa defesa de Tadeu. Mas na cobrança de escanteio, Rodrigo Caio cabeceou, o goleiro goiano deu rebote no pé de Gabigol, que mandou para a rede.

O revés foi sentido pelos donos da casa, que viram o Flamengo dominar as ações. Não demorou muito e os rubro-negros aumentaram a vantagem no Serra Dourada. Após nova cobrança de escanteio, Bruno Henrique escorou e Rodrigo Caio apareceu para empurrar para o gol.

O segundo gol fez o Flamengo diminuir o ritmo. Mesmo assim, os rubro-negros seguiam se ser incomodados. Somente aos 31 minutos, o Goiás conseguiam chegar bem ao ataque e marcou com Rafael Moura, após passe de Michael.

O gol animou os goianos, que quase empataram no minuto seguinte. Após erro na saída de bola do Flamengo, Michael ficou com a bola e arriscou de fora da área. A bola passou perto da trave de Cesar. Depois, foi a vez de Rafael Vaz chutar de longe e assustar os visitantes.

Nos minutos finais, o confronto ganhou em emoção quando o goleiro Cesar foi expulso após acertar Yago Felipe fora da área. No lance, Pablo Marí salvou os rubro-negros em chute de Rafael Moura. A partir dai, os donos da casa foram para cima e conseguiram o empate aos 49 minutos, com Michael.

Na saída de bola, Gabigol arriscou do meio campo e quase acertou o gol de Tadeu. O Goiás ainda buscou a virada, mas teve que se contentar com o empate no Serra Dourada.

FICHA TÉCNICA

GOIÁS-GO 2 X 2 FLAMENGO-RJ

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Data: 31 de outubro de 2019 (Quinta-feira)

Horário: 20h (de Brasília)

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)

Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG)

Cartões amarelos: Rafael Moura, Jefferson, Leandro Barcia e Gilberto (Goiás); Gabigol e Bruno Henrique (Flamengo)

Cartão vermelho: Cesar (Flamengo)

GOLS

GOIÁS: Rafael Moura, aos 31min do segundo tempo; Michael, aos 49min do segundo tempo

FLAMENGO: Gabigol, aos 9min do segundo tempo; Rodrigo Caio, aos 17min do segundo tempo

GOIÁS: Tadeu, Yago Rocha (Breno), Fábio Sanches, Rafael Vaz e Jefferson (Alan Ruschel); Gilberto, Yago Felipe e Léo Sena (Thalles); Michael, Rafael Moura e Leandro Barcia

Técnico: Ney Franco

FLAMENGO: Cesar, Rodinei, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luis; Willian Arão, Piris da Motta, De Arrascaeta (Gerson) e Everton Ribeiro (Vitinho) (Gabriel Batista); Bruno Henrique e Gabigol

Técnico: Jorge Jesus

Futebol