Florianópolis já vive a grande decisão da final do Campeonato Catarinense

Daniel Queiroz/ND

Figueirense Avaí torcedores final campeonato catarinense 2012 clássico

Avaiana Sandra e alvinegro Paulo confiam no título, mas apenas um vai comemorar

No ônibus, o cobrador brinca com o passageiro: “Esse Avaí faz cosa”. No Mercado Público, o preto, azul e branco desfilam entre as lojas. Bandeiras e toalhas com as cores dos dois clubes tremulam nas fachadas dos prédios pela cidade. Florianópolis vive o maior clássico de Santa Catarina. 

A ansiedade para saber quem será o campeão vai dar lugar à alegria e a tristeza no início da noite de domingo. A rivalidade divide o casal Paulo Coelho, 48, e Sandra Lopes Coelho, 42. Não faltam brincadeiras e gozações. O administrador acredita que o Figueirense poderá reverter a desvantagem. 

“É uma pena ela não poder ir e ficar comigo no Scarpelli. Mas domingo seremos campeões”, alfinetou. 
Já a digitadora tem certeza que o caneco irá para a Ressacada. “Será meu presente de Dia das Mães”, projetou. 

Para manter a segurança dos torcedores que irão ao Orlando Scarpelli, a Polícia Militar vai destacar 400 homens para trabalharem dentro e fora do estádio e outros pontos da cidade, como terminais urbanos.
 
Os 2.014 ingressos para a torcida visitante esgotaram quarta-feira. De acordo com o gerente financeiro do Figueirense, Alex Tomita, ainda restam cerca de 1.000 ingressos para a torcedor alvinegro para dois setores do estádio.

Futebol